Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

26
Fev15

Usar ou não usar soutien quando temos mamas XXS? Eis a questão.

Ora bem, fiquei com uma súbita inspiração para falar sobre mamas. Sim, graças ao post de um blog que descobri recentemente, em que a autora faz a seguinte questão: precisamos mesmo de soutien?

Ao contrário da autora do post que li, que vou amavelmente deixar-vos lá em baixo, as minha mamas, se é que lhes posso chamar assim, consistem em duas amostras daquilo que poderiam ter sido altos marmelos, se a adolescência não me tivesse pregado uma partida. Sim, porque aqui a dESarrumada, começou muito bem a desenvolver as suas mamitas com 12/13 anos, mais ou menos na altura que veio o vermelhão (o período, para quem não percebeu). Na altura dei saltos de alegria quando ele veio, porque, não sei bem porque, ter mamas grandinhas sempre foi um desejo meu quando era mais nova, e a chegada do chato mensal e o facto de ser das mais altas da turma e não propriamente magra, fez-me achar que elas estavam aí ao virar da esquina. Tudo associado ao facto da minha mãe ser bem abonada...

Sabem que mais?? ENGANEI-ME REDONDAMENTE!

Os carocitos que doem horrores quando se toca finalmente lá apareceram (sim meninas, vocês devem lembrar-se dessa época), e todas as minhas amigas também tiveram, estavamos todas na mesma fase, e eu pensava "carago, elas vêm aí". Mas não, toda a gente ficou com maminhas, toda a gente começou a usar soutien, menos eu. Estava no 9º ano, e usava daqueles soutiens elásticos às flores, sem aro, que as crianças normalmente usam quando estão na praia. Sim, ouviram (leram) bem, 9º ano! Mais tarde elas engordaram um pouco, mas nada de especial. Basicamente parei no tempo em termos de crescimento mamário. 

Uso copa A, caso alguém esteja curioso.

Deixando-me de dramas, que isto não leva a lado nenhum, descobri com o tempo muitas vantagens em ter as mamas pequenas:

- Correr sem dor nem os marmelos aos saltos (assim, evito ficar com um olho negro);
- Deitar-me de barriga para baixo na cama, na praia, no parque com o portátil, a ler, a navegar na net ou simplesmente a dormir;
- É super fácil, mas mesmo fácil e barato, comprar soutien, mal os experimento;
- É super fácil arranjar camisolas que sirvam na zona do peito (no entanto, não posso usar a maior parte dos vestidos decotados lindos, mas como não gosto de vestidos a coisa até passa);
- Passar numa zona de obras, com grande decote, e não ouvir uma única boca foleira de um trolha (oh jóia anda... ah Zé Manel, esquece, esta não tem mamas);
- As más línguas dizem que é mais fácil ter prazer ao estimular os seios, porque como têm menos volume as terminações nervosas estão mais concentradas (não confirmo nem desminto para não ferir susceptibilidades, if you know what I mean meus malandrecos);
- Cabem numa mão cada uma, sendo por isso mais fáceis de apalpar pelo moço (no entanto, fazer espanholadas está fora de questão, não dá);
- Não sofro de dores nas costas provocadas pelo "excesso de peso mamal";
- Se estiver a comer, não corro o risco das mamas irem parar ao prato (Ups, estou a sentir o mamilo esquerdo quentinho. Ah, é a mama que caiu na sopa!).

Concluindo estas divagações, e para responder à pergunta do título: se podia sair de casa sem soutien? Poder até podia, mas depois notavam-se os bicos e isso é uma coisa um bocado chata.

Peço desculpa às meninas com as mamas como deve de ser, mas nós, as que saímos ao pai, também tínhamos que ter vantagens. Não pode ser tudo mau.

Ficam aqui com o post, que devo declarar aqui como um dos mais brutais que já li.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D