Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

15
Set18

Fetiches: o meu é mais fixe que o teu

Ora vamos lá desenterrar posts antigos que ainda hoje me fazem rir! Achei que era demasiado cruel esconder estas pérolas aos meus fãs mais recentes - Olá fãs, dESarrumada is back por uns tempos!

 

Postado a 12/09/2015

 

 

Num posto mais antigo disse que vos ia falar de fetiches (e dar o meu cunho pessoal). Quem gosta, gosta, quem não gosta, gostasse! Tudo que é fetiche é sempre extremamente relativo a nível de aceitação pública, e desde que não se faça mal a ninguém e seja tudo consentido... porque não?

A isto tudo juntaram-se as belas das fantasias, quem não as tem que atire a primeira pedra!!! Bem, vou falar um bocadinho do(a)s mais conhecido(a)s!

1. Pés (fetiche)


Este fetiche é dos mais conhecidos, há quem diga que é pela forma fálica dos dedos (será?). Eu não consigo gostar de pés, mas não me importo que mexam nos meus... desde que não seja muito levezinho, que isso dá umas cócegas do carago, com direito a patada e tudo!

2. Enfermeiras (fantasia)

É verdade que este é dos mais falados... qual não é o homem que gosta de ver a sua moçoila vestida de enfermeira?? Escusado será dizer que a farda predilecta é aquela que se vende nas sex-shops (com sainha reduzida e maminhas num soutien bem, bem, apertadinho). Ouso até dizer, que a maior parte dos homens quando vai ao posto médico levar uma vacina e vê a enfermeira Gertrudes, vestida com a sua bata e o seu carrapito no alto da cabeça, só quer é fugir a 7 pés da mulher! Ah, e quando ela pega na vacina com aquele ar sensualão, como quem reprova e pensa "este aqui é dos mariquinhas", não há homem que não se venha logo. Mas pronto, enfermeiras é que são boas!

3. Fardas (fantasia)

Muitas moças gostam de ver os machos viris e bem apetrechados, enfiaditos dentro da sua farda de trabalho. "Ore passe para cá os seus documentos e os da viatura!" Diz o striper, vestido de polícia, enquanto te esfrega os abdominais na cara e o chumaço pelas joelhos acima. Ahhh, sem esquecer o famoso construtor civil, de martelo em punho, pronto a martelar e a dar-te com a pistola de tinta com compressor, all night long!

4. Fatos (esta é a minha preferida, admito)

Ver um homem de fato... existe algo que emane mais poder que um gajo com aspecto de ser rico e com a malinha na mão cheia de notas, pronto a entrar no seu Ferrari? (por isso gosto tanto do meu Ambrósio, pena ele não ter dinheiro, eu não lhe pago assim tanto). Muitas amigas minhas gostam de ver um moçoilo de fatinho, por isso é que os casamentos e festas formais são dos melhores sítios para o engate! Os homens de fatinho, as mocinhas de vestido todas molhadinhas e entusiasmadas, e pumba!... festa na cabine do wc enquanto os noivos estão cá fora a cortar o bolo. De qualquer das formas, a cortina de fogo e o entrelaçar dos braços para beber o champanhe, está a ficar muito batido... é sempre melhor estar na casa de banho a mandar uma durante esse tempo!

5. Roupa interior

Há quem goste de cheirar roupa interior usada, há quem goste de vestir a da parceira (esta é para os homens) e há quem se sinta poderosa consoante a vestimenta que traz. Não censuro, acho óptima ideia. A imaginação é o limite! Admito que gostava de ver o plutónio com um fio dental vermelho... mas só por curiosidade! Ele tem um rabinho mesmo apetecível...

6. Saltos altos

Tanto para homens como para mulheres, este tipo de calçado é algo muito excitante de ver e/ou usar. Qual não é o homem que não gosta de beijar uma perna longa e torneada a começar pelo saltinho alto e a terminar na dita cuja?? Eu cá gosto de receber este tipo de beijos! Demoram é uma eternidade... despacha-te lá, e chega onde interessa rapidamente que já nem me aguento!

7. Algemas

Quem não gosta de ser amarrado à cama, então se houver vendas à mistura, eu cá gosto muito, muito! E aquelas algemas com plumas cor-de-rosa?? Mariquices, algemas querem-se a sério, rijas, frias e com o metal em contacto com a pele. Se é para doer, então que doa! (Sim, para os mais atentos ao meu blog, eu tenho um lado masoquista muito proeminente)

8. Estimulação do ânus (para homens heterossexuais)

Ora bem, dizem que a estimulação da prostata é algo extremamente prazeroso, eu cá nunca experimentei isso por razões óbvias (não tenho prostata! ), mas tive um senhor que muito amavelmente comentou isso no outro post em que vos questionei sobre fetiches e eu quis incluir isso aqui. É mais comum do que se imagina, são homens heterossexuais, não sentem qualquer desejo por homens, mas gostam que a sua mulher lhes estimule analmente. Objectos predilectos: dedos, brinquedos, strap on, legumes, o céu é o limite!)

 

...



Havia ainda muito para falar, mas admito que a imaginação já não dá para mais. Se gostariam de ver algum assunto abordado digam-no claramente nos comentários, ou no email para os mais envergonhados. Mas deixo bem claro que não vejo o meu email tão frequentemente como devia! (Um dia lixas-te dESarrumada, tens lá uma proposta milionária e nem sabes!)



Beijo na bunda! 

12
Jul18

Dificuldade em tomar decisões? Eu perguntei e a Dra Carta respondeu!

Se ainda não viram este post, vejam!

E se tiverem perguntas para fazer à Dra Carta não demorem muito tempo! Ela é muito simpática e consegue ajudar mesmo.

 

Obrigada pela resposta Uma carta fora do baralho

 

Continua o trabalho excelente que tens feito!

 

Beijo 

22
Fev17

Longe mas perto do coração [repost]

Estás longe. Sei que não me ouves. Mas tenho saudades tuas. Tantas que não cabem no coração, tantas que prefiro calar estes gritos dentro de mim.


 


Se pudesses saber eu dizia-te. Mas não posso... o nosso fim, foi aquele fim. Não foi o fim que desejava, não foi o fim que sonhei. Porque para mim o que tínhamos não merecia um fim. Ia ser eterno como o tempo. Ia ser eterno como este sentimento que trago no meu peito.

Sei que te guardo comigo, sei que penso em ti várias vezes por dia. Sei que já lá vão três anos desde o adeus. Sei que ainda me lembro de cada data, de cada abraço, de cada beijo. Mas sei que me lembro muito mais das datas, dos abraços e dos beijos que nunca chegámos a viver. Sei que custou mais o que perdi depois de teres ido embora, o amor que idealizei.

Sei que não querias o mesmo que eu. Mas também sei que ainda pensas em mim, talvez não pelos mesmos motivos que eu penso em ti. Sei que te desejo o melhor, e que de entre muitas despedidas que já te fiz, de entre muitas cartas que já te escrevi, esta também não vai ser a última. 

Desejo sempre que a despedida que te faço seja a última, mas nunca é. Há sempre um dia em que sinto mais a tua falta do que o normal, há sempre um cheiro, uma parte do meu dia que me faz lembrar de ti. Sei que estás sempre presente, que deixaste o teu nome gravado no meu coração a ferro quente. Sei que por muito que tente apagar a cicatriz que deixaste, há sempre um dia em que ela queima mais. Há sempre um instante, qualquer coisa que te traz de volta...

Tentaste falar quando eu vim embora, tentaste uma qualquer aproximação que eu não entendi o motivo, e não fui. As nossas conversas nunca correm bem. Nunca. Eu de ti só queria a mesma coisa que sempre quis, o teu amor. Não quero as tuas migalhas, não quero sexo, não quero falar de vez em quando só porque estás sozinho. Queria-te a ti, por inteiro, sem jogos, sem distância. Já não é possível. De tudo o que era possível antes, agora passou a impossível. A impossibilidade do tudo que não chegou a ser.

Sei que estás longe, sei que já lá vão três anos. Mas também sei que parece que foi ontem o nosso último abraço... e às vezes acho que numa manhã qualquer vou abrir a porta de casa e encontrar-te no carro à minha espera. Para irmos à tal pastelaria que não chegámos a ir. E que entretanto já fechou.

Tem uma boa noite, tem uma boa vida. Até à próxima. Porque há sempre uma próxima.


 


[ post originalmente publicado a 10.03.2015 ]


 


P.S: Para quem não percebe de onde vêm estes reposts, ando a fazer uma compilação dos meus textos antigos preferidos publicados no meus primeiro blog.

29
Jan17

Envelhecer contigo [repost]

Sim, o meu sonho é envelhecer ao teu lado. Ver-te sorrir para mim todas as manhãs. Sentir o teu toque antes de adormecer. O teu toque continua o mesmo... não vás embora agora, está bem?

A reforma, essa veio depois de uma vida de trabalho. Passar as semanas contigo, a passear contigo, amar-te e ser feliz, em Portugal no estrangeiro, ou no supermercado da esquina. Dá-me a mão como antigamente, não me largas pois não?

Ouvir os meus netos a chamar-te avô e sorrir quando te vejo a tentar jogar futebol com eles, como jogavas antigamente. Mas o teu corpo já não é o mesmo, pois não? Sorris para mim, sabes que também já não sou a mesma. Passas a mão pelos meus cabelos brancos.
Achas que devo pintar?
Não, gosto deles assim.



E esse dia, o dia em que estava de branco, e tu levaste uma gravata azul clara contra minha vontade. Mas estavas lindo naquele altar, como só tu consegues estar. Os teus olhos verdes a olhar para mim.
Que é isso no canto do olho, estás a chorar?
Um bocadinho... sim aceito casar contigo. E tu? 


 


Sonhar com todos os momentos felizes que vivemos, o dia em que me pediste em casamento em Paris, ou Coimbra, ou Roma, já não me lembro bem onde estávamos. Maldita memória. Mas lembro-me que disse imediatamente que sim. Como poderia eu não querer casar contigo?



E aquele dia, naquele restaurante em Aveiro, quando disseste que me amavas. E eu calei o que sentia. Sabes que te amo não sabes? Demorei a percebê-lo na altura, mas agora sinto que te amo desde sempre. Fica aqui, dá-me só mais um abraço. Queres namorar comigo?

A viagem de comboio que mudou tudo, parece-me tudo tão difuso, lembro-me de estares no fundo da carruagem a olhar para mim, eu a olhar para ti pelo cantinho do olho. Ou seria o contrário? O que é que será que ele quer? - pensei. Mudar-me a vida. Amar-me para sempre.


 


[post original publicado a 1 de Fevereiro de 2015] 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D