Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

31
Mar20

Aprendi.

Como lidar com a semana antes do período.

Aprendi que quando estou na semana antes do período tenho que ter mais compaixão por mim própria. Aprendi que a produtividade baixa e está tudo bem. Aprendi que é uma altura de olhar para dentro. Aprendi que às vezes ficar a ver um filme é muito mais produtivo do que tentar trabalhar ou estudar. E apesar de neste momento não estar tudo bem lá fora - e no mundo em geral - dentro de mim estou cada vez mais em paz.

21
Jun19

Crónicas do trabalho #2

Quando uma doente tua, que pensava estar na menopausa desde Novembro, tem o período durante a tua sessão. O que suja o lençol da marquesa com uma manchinha de sangue, te obriga a atravessar a clínica para ir buscar outro lençol, e a senhora, que se divide em mil desculpas, ficando extremamente embaraçada.

 

Minha senhora, já me aconteceram coisas piores durante as sessões. Uma vez um senhor borrou-se todo e o cocó dele escorreu pelos lençóis, caindo da cama abaixo... e aquela gota de cocó marota só não caiu em cima do meu pé esquerdo por um centímetro.

 

Já vi muito pior do que a sua manchinha de período.

 

Muita calma nessa hora. Respire fundo. Está tudo bem.

 

#PreMenopausa

08
Abr19

Perioditivismo // Um pedido para todas as mães de menino(s)

perioditivismo.png

Mães desse país à beira mar plantado chamado Portugal. Mães portuguesas que estão noutro país. Mães de outras nacionalidades que encontraram aqui o blog mais desarrumado da Internet.

 

Por favor, tal como falam sobre o período com as vossas filhas, falem sobre esse assunto com os vossos filhos. Estou farta de ouvir homens falar sobre o período como se fosse o diabo encarnado nas suas mulheres / namoradas, de falarem disso como se fosse uma incapacidade, ou fazerem piadas, ou terem nojo, quase pior que tudo isto: TEREM VERGONHA DE ABORDAR ESSE ASSUNTO!

 

Aconteceu-me no ano passado: saí alguns meses com um rapaz que sempre que eu estava com o período me mandava a boquinha "Ainda tens isso? Porque não tomas daquelas pílulas que param o período? A minha ex tomava e era o paraíso para ela e para mim". Pois, chocante ouvir um discurso destes em pelo século XXI, não???

 

E sempre que lhe dizia ou falava de período tinha a impressão que esse assunto o aborrecia ou o deixava irritado, como se ele encarasse a menstruação como algo acessório na mulher, prescindível, uma doença que deve ser exterminada, uma verruga que deve ser arrancada. "Trata disso" dizia ele. Tratar como? Deixar de ser mulher? Impedir o meu corpo de fazer aquilo para o qual foi programado? Parar de ovular só porque o menino não queria ter 7 dias sem sexo? Não tenho dores na menstruação, não tenciono tomar nenhuma contracepção hormonal, não me incomoda nada ter relações durante o período (respeito se o sangue incomodar o rapaz com quem estou e não obrigo ninguém a nada)... mas tomar algo só porque algum rapaz não acha bem eu ter o período. NUNCA. NEVER. JAMÉ!

 

Fiquei a questionar-me sobre esses assuntos... Quantas mulheres tomam a pílula devido a pressão psicológica exercida pelo parceiro? Quantas mulheres não têm o controlo absoluto de tudo que ingerem ou colocam no seu corpo? Os rapazes não são educados para aceitar o período como algo que faz parte de ser mulher? E este problema vem de onde? Não tiveram contacto com mulheres ao crescer? Elas não falaram sobre esses assuntos com eles? Se estivermos à espera que seja o pai a falar sobre período com os filhos homens... acho que, na maior parte dos casos, podemos esperar sentadas.

 

Eu lembro-me da minha mãe, mal eu tive o primeiro período, me ter metido um caixotinho do lixo no quarto para eu não deitar os meus produtos menstruais usados na casa-de-banho familiar, evitando assim que o meu pai e irmão vissem... quando íamos às compras com eles nunca comprávamos pensos higiénicos ou tampões... a minha mãe comprava quando fazia compras sozinha. E conheço outras famílias onde isto acontece. Só hoje em dia me apercebo do quão tóxico este comportamento pode ser. Apercebo-me que, como este assunto fica sempre escondido, muitos homens partilham a casa, durante uma infância e adolescência inteiras, com as suas mães e irmãs sem nunca se aperceberem que elas têm o período. Depois, já adultos, começam a sair com uma rapariga e quando ouvem falar em período é o "ai meu Deus, que doença nojenta é essa? Livra-te disso!"

 

Por isso, mães de meninos, irmãs de meninos, tias de meninos, avós de meninos, falem sobre o período com os homens da vossa vida. A futura mulher dele agradece.

 

Beijo na bunda! 

12
Jan19

Segundo dia do período.

Estar com o período a um sábado de manhã e no inverno é das coisinhas mais desagradáveis de sempre! Ora atentem neste dilema:

 

Deixo o sangue que me sai da vagina em modo enchorrada a escorrer até sujar as calças do pijama, a cama, o colchão, a alma... obrigando-me depois a ter que lavar tudo à mão vezes e vezes sem conta até concluir que a mancha não vai sair, e que se tornou agora numa recordação amarelada do que outrora foi um período vermelho, vermelhante, vermelhão?

 

Ou simplesmente saio do quentinho dos meus lençóis - um espaço onde posso sonhar com os dias mais quentes que se aproximam - apanho com o frio de rachar da vida real nas trombas, deito uma lágrima pela alma trocidada e manchada, e vou à casa de banho trocar de proteção?

 

Hmmmmm.... Dilemas, dilemas ... 

13
Nov17

Coisas de mulher...

Sou daquelas raparigas que tem um período super abundante, e como tal, sofro de crises de pânico só em imaginar que ele vai chegar e não tenho nada para "me proteger". Contudo, sou uma forreta do pior (vocês já sabem). Logo compro tudo que é pensos higiénicos em promoção, ficando-me cada pacote de 12 pensos a um preço irrisório. Compro sempre dois pacotes (ás vezes quatro) em todas as promoções, e um pacote dá-me para 2 meses. Isto quando não uso o copo menstrual nos dias de maior fluxo, utilizando ainda menos pensos. Por isso, estive a fazer umas contas rápidas e cheguei à conclusão que tenho pensos que cheguem até Setembro de 2018. E por este andar vou ter suficientes até 2019 porque eles fazem sempre umas promoções no início do ano. Já dizia o outro: mulher prevenida vale por duas. 

 

27
Mai17

As razões pelas quais adoro o fim do período.

Fico sempre contente quando acaba o período! E isso acontece por diversas razões:


 


1 - Ter o período é uma seca, exige muita atenção, exige estar sempre a ter cuidado para não sujar a roupa, exige controlar os timings para trocar o copo menstrual / penso / tampão. É como ter um bebé que exige atenção o tempo todo! O lado "positivo" é que esta coisa sangrenta que sai dos nossos corpos (se formos fêmea), só dura de 3 a 7 dias - eu estou numa média de 6 dias, que festa! (not).


 


2 - Não há sexo, pelo menos da mesma forma que poderia haver sem o período. Eu cá já experimentei (claro!), mas a sensação não é igual, aquilo está muito sensível - o que pode ser bom dependendo do dia em que se faz - mas eu não fiquei fã a 100%! Talvez a companhia não fosse a certa... veremos...


 


3 - Fico super contente quando ele acaba porque isso quer dizer: masturbação sem sujar as mãos! Ah pois é, que o sangue é uma coisa muito chata para sair das unhas. Uma pessoa bem esfrega, esfrega, mas aquilo parece que fica incrustado para denunciar a todos o que acabamos de fazer!


 


E prontos, a modos que era isto que tinha para vos dizer hoje. Agora vou ali só "esgalhar o pessegueiro" versão fêmea, ou seja "coçar o grelo" e até amanhã fofuxos!  




Beijo na bunda 


 

13
Mai17

Mais um post sobre período.

Eu bem tento ser ecológica com o meu ciclo menstrual e período! É o deixar a pílula (há quem diga que as hormonas artificiais que vão no xixi também poluem a água e provocam alterações na fauna aquática, mas ainda ando a ler mais sobre isto!), é o copo menstrual, é o papel higiénico lavável (isto não é só para o período, mas como faço xixi um milhão de vezes por dia achei que seria uma boa ideia, e para já, o caixote do lixo da casa de banho continua vazio, win-win for me!).


Agora foram (finalmente, porque as entregas online às vezes demoram uma eternidade!) os pensos higiénicos laváveis! Para aqueles dias de menos fluxo em que o copo menstrual pode magoar-me um pouco... e não é que encomendei 5 e todos vieram com plástico à volta?? Porque não meter os 5 no mesmo plástico, ou numa caixa de cartão? As marcas têm boas intenções, mas podiam levá-las até ao fim! Bem, não me vou queixar muito. Não há gestos pequenos porque cada gesto conta. 

02
Abr17

Eu e o meu período.

Dois anos depois de ter pensado nisto, decidi finalmente comprar um copo menstrual... e não é que ao final da segunda utilização já estou super fã???



Não é lá muito fácil de meter as primeiras vezes, admito que é preciso ganhar-lhe o jeito, e tenho muito medo que isto vire e que suje as cuecas todas sem dar conta. Mas que é uma libertação tanto física, como monetária (não há cá comprar mais pensos higiénicos para ninguém, yeah!!!) isso ninguém pode negar!


 


E a saúde, meus caros, a saúde que ganhamos ao deixar de meter o nosso corpo em contacto com todas aquelas porcarias que estão nos tampões e pensos higiénicos???


 


Ah, e fiquei agradavelmente surpreendida por ver a quantidade de sangue que sai, eu que sempre tive um período abundante pensei que teria muito mais e que tinha que esvaziar aquilo de 6 em 6 horas, afinal fiquei 12h seguidas só para testar os limites e quando tirei aquilo só tinha o fundinho cheio... afinal o tamanho S chega para mim e ainda sobra... 


 


E vocês minhas queridas, já experimentaram??


 

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D