Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

19
Mai19

A ausência do Vibrações explicada.

Reparei que o António Vibrações tem andado um bocado ausente aqui no blog. Não se apoquentem, se leram o post anterior onde falo sobre o meu jejum, conseguem facilmente deduzir que o Vibrações tem sido grandemente solicitado.

 

O moço tem sido tão solicitado que às vezes faz uma espécie de curto circuito do demónio e só vibra nos primeiros 10 minutos de utilização e depois pára. Mesmo com a bateria carregada ao máximo ele faz isto.

 

Admito que ele começa a acusar algum cansaço, mas nem isso lhe tira o vigor de outrora. Antes era um instrumento banal com utilização diária, agora passou a ser artigo de luxo e uso-o para dar os acabamentos finais.

 

Quando sinto o "Big O" a chegar, vulgo, Orgasmo, deixo o Dildo Não Vibrações e começo a utilizar freneticamente o meu António. E que grandes finais ele me dá, dignas de aparecerem num filme porno, daqueles em que a mulher grita e revira os olhos até à nuca, qual exorcismo do pito. 

 

Ele está sempre comigo, e apesar de cansado, continua a proporcionar-me bons momentos de gemer e gritar por mais ❤️

 

09
Out15

Como dizia o outro: apeteces-me.

O "apeteces-me" é talvez das melhores expressões portuguesas que conheci nos últimos anos... é surpreendente a quantidade de vezes em que essa palavra é a única que descreve aquilo que nos vai na alma.

Meu caro este texto é para ti, sei que apesar de estares longe tenho tido uma vontade enorme de te ter aqui ao meu lado. Sei que não ia ser meiga, ia ser bruta e deixar que o fosses comigo. Sei que as carícias e os mimos nesta fase da vida não são para mim, sei que quero contacto duro e cru. Que frustração que tenho todos os dias por estares tão longe!

E ao mesmo tempo continuo a querer-te. Quero-te tanto porra! Sentir-te dentro de mim, a maneira sensual como me afastas as pernas e fazes as coisas certas nas horas certas.

Que sintonia de palavras, os olhos a transmitirem exactamente o que o outro quer ver, a tua respiração quente no meu pescoço. Porra, morde-me outra vez o lóbulo da orelha, agarra-me as nádegas como só tu o sabes fazer, fá-lo só mais algumas vezes e fico satisfeita.

Sim, tenho uma vida relativamente curta já vivida, mas os melhores orgasmos que tive até agora foram contigo, por isso vê se ficas por perto (apesar de longe!) mais algum tempo.


 


milhoesdevezes.jpg


 

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D