Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

08
Abr19

Perioditivismo // Um pedido para todas as mães de menino(s)

perioditivismo.png

Mães desse país à beira mar plantado chamado Portugal. Mães portuguesas que estão noutro país. Mães de outras nacionalidades que encontraram aqui o blog mais desarrumado da Internet.

 

Por favor, tal como falam sobre o período com as vossas filhas, falem sobre esse assunto com os vossos filhos. Estou farta de ouvir homens falar sobre o período como se fosse o diabo encarnado nas suas mulheres / namoradas, de falarem disso como se fosse uma incapacidade, ou fazerem piadas, ou terem nojo, quase pior que tudo isto: TEREM VERGONHA DE ABORDAR ESSE ASSUNTO!

 

Aconteceu-me no ano passado: saí alguns meses com um rapaz que sempre que eu estava com o período me mandava a boquinha "Ainda tens isso? Porque não tomas daquelas pílulas que param o período? A minha ex tomava e era o paraíso para ela e para mim". Pois, chocante ouvir um discurso destes em pelo século XXI, não???

 

E sempre que lhe dizia ou falava de período tinha a impressão que esse assunto o aborrecia ou o deixava irritado, como se ele encarasse a menstruação como algo acessório na mulher, prescindível, uma doença que deve ser exterminada, uma verruga que deve ser arrancada. "Trata disso" dizia ele. Tratar como? Deixar de ser mulher? Impedir o meu corpo de fazer aquilo para o qual foi programado? Parar de ovular só porque o menino não queria ter 7 dias sem sexo? Não tenho dores na menstruação, não tenciono tomar nenhuma contracepção hormonal, não me incomoda nada ter relações durante o período (respeito se o sangue incomodar o rapaz com quem estou e não obrigo ninguém a nada)... mas tomar algo só porque algum rapaz não acha bem eu ter o período. NUNCA. NEVER. JAMÉ!

 

Fiquei a questionar-me sobre esses assuntos... Quantas mulheres tomam a pílula devido a pressão psicológica exercida pelo parceiro? Quantas mulheres não têm o controlo absoluto de tudo que ingerem ou colocam no seu corpo? Os rapazes não são educados para aceitar o período como algo que faz parte de ser mulher? E este problema vem de onde? Não tiveram contacto com mulheres ao crescer? Elas não falaram sobre esses assuntos com eles? Se estivermos à espera que seja o pai a falar sobre período com os filhos homens... acho que, na maior parte dos casos, podemos esperar sentadas.

 

Eu lembro-me da minha mãe, mal eu tive o primeiro período, me ter metido um caixotinho do lixo no quarto para eu não deitar os meus produtos menstruais usados na casa-de-banho familiar, evitando assim que o meu pai e irmão vissem... quando íamos às compras com eles nunca comprávamos pensos higiénicos ou tampões... a minha mãe comprava quando fazia compras sozinha. E conheço outras famílias onde isto acontece. Só hoje em dia me apercebo do quão tóxico este comportamento pode ser. Apercebo-me que, como este assunto fica sempre escondido, muitos homens partilham a casa, durante uma infância e adolescência inteiras, com as suas mães e irmãs sem nunca se aperceberem que elas têm o período. Depois, já adultos, começam a sair com uma rapariga e quando ouvem falar em período é o "ai meu Deus, que doença nojenta é essa? Livra-te disso!"

 

Por isso, mães de meninos, irmãs de meninos, tias de meninos, avós de meninos, falem sobre o período com os homens da vossa vida. A futura mulher dele agradece.

 

Beijo na bunda! 

12
Jan19

Segundo dia do período.

Estar com o período a um sábado de manhã e no inverno é das coisinhas mais desagradáveis de sempre! Ora atentem neste dilema:

 

Deixo o sangue que me sai da vagina em modo enchorrada a escorrer até sujar as calças do pijama, a cama, o colchão, a alma... obrigando-me depois a ter que lavar tudo à mão vezes e vezes sem conta até concluir que a mancha não vai sair, e que se tornou agora numa recordação amarelada do que outrora foi um período vermelho, vermelhante, vermelhão?

 

Ou simplesmente saio do quentinho dos meus lençóis - um espaço onde posso sonhar com os dias mais quentes que se aproximam - apanho com o frio de rachar da vida real nas trombas, deito uma lágrima pela alma trocidada e manchada, e vou à casa de banho trocar de proteção?

 

Hmmmmm.... Dilemas, dilemas ... 

14
Fev16

Ter o período.

Admito que são pouquíssimas coisas que me incomodam já que estes dias são carregados de alegria, festa, pulinhos e saltinhos! E confetti, muito confetti! Vocês devem adorar ter o período tanto como eu, quase que aposto uma caixa de gelados da Magnum Caramelo.


Depois de uma pausa de uma semana, após ter tido 3 semanas de período. Eis que ele volta em força (fim da 1ª caixa da pílula) e decidi partilhar com vocês (como se vocês não soubessem já) o que mais me alegra nesta coisa tão fofa chamada menstruação. 


 
1.
Aquele momento em que ele aparece (que alegria!) efectivamente as mamas já me doíam pa'carago há uns bons 3 dias. 'Tá explicado! Seja bem-vindo período sangrento!


 


2. Quando a gaveta da roupa interior está organizada em "cuecas do período" e "cuecas sem período". Sim, eu faço isto, vocês fazem isto, muita gente faz isto. Eu tenho aquelas cuecas especiais que só uso nesta semana. Normalmente reservo este lugar às mais largas, desbotadas e já com o elástico todo esgaçado. Podiam ser as minhas preferidas, se não fosse a quantidade de manchas que aquilo tem nas bordas das tentativas falhadas de usar pensos sem abas e as manchas na parte da frente das vezes em que sou crente e meto o penso mal posicionado... o que nos leva ao próximo ponto...


 


3. Quando metemos o penso higiénico (daqueles enormes com abas gigantes) com toda a minúcia e cuidado do mundo para as abas não dobrarem, sim, porque aquela merda depois de colado já fica esquisito se descolarmos e já não cola da mesma forma. Oh, a alegria que é quando puxamos as cuecas para cima e vemos que ficou demasiado atrás! Porra para isto! Yupi...


 


4. Quando metemos o penso finalmente mais para a frente, vamos dormir, e acordamos a pensar "oh, esta noite correu tudo bem, não houve derrames desastrosos!" e eis que chega o momento de ir à casa de banho e vemos, a maldita, a terrível, mancha na parte de trás das cuecas e pijama! E nos dias de maior azar, nos lençóis. E para nossa felicidade, normalmente estas manchas (que nós adoramos ver naqueles lençóis branquinhos) saem logo à primeira!


 


5. Por falar em ir à casa de banho de manhã nos primeiros dias do período... vocês não adoram quando chegam à sanita e começa um monte, uma verdadeira enxurrada de sangue, a sair e a cair na água! Isto quando não acontece logo mal nos metemos de pé. Ah , e depois limpar isto tudo com o papel higiénico de forma a conseguirmos sair da casa-de-banho sem provocar mais estragos. É nesta altura do campeonato que já foi metade do rolo c'os porcos! Mas alguém falou em ter uma pegada ecológica pequena?


 


6. Espirrar e tossir é sempre um festival! Felizmente para nós, metemos sempre o penso corretamente, com as abas bem direitinhas, com a distâncias anterior e posterior ideal, não é? E não vai sair nada por onde não deve... que alegria! Mas normalmente nestes dias o penso está todo enrolado no meio das cuecas porque passámos muito tempo sentadas e, ups, algo escorre para a parte interior das pernas! E com os movimentos às vezes as calças também ficam sujas! Sim, tenho chichinha no interior das pernas e isto acontece-me quando as cuecas são mais largas que o normal e andam a passear por todo o lado... lembram-se do elástico esgaçado não lembram? 



7. E meter um tampão nestes dias? Nem há palavras para descrever o momento em que retiramos o dedo todo vermelho de dentro da dita cuja e, muitas vezes, não temos à mão nada para limpar sem ser papel. Sabe bem sair do cubículo de uma casa de banho pública com uma unha toda ensanguentada não sabe?

Ai, ser mulher é ótimo! Claro que estes factos que vos contei são baseados em histórias fictícias, no fundo, mas bem lá no fundo, adoramos quando o período vem e corre sempre tudo às mil maravilhas! Andamos a cavalo, vamos à praia e usamos calças brancas de manhã à noite. Gozem este estatuto meninas, os homens nunca saberão o que todas estas coisas boas são .

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D