Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

22
Ago18

Notificações cerebrais: o regresso ao trabalho.

Estão a ver quando uma pessoa passa um dia inteiro sem ligar os dados do telemóvel e depois quando chega a casa, ao conectar-se ao wifi, chega aquela enxurrada de notificações provenientes de todas as aplicações e o telemóvel fica ali a emitir os mais variados sons durante uns 10 minutos? Estão a ver aquela sensação de pânico de não saber por onde começar a ver tudo o que se passou durante a nossa "ausência" no mundo virtual da internet?

 

Pois. Eu sinto-me assim depois das férias. No primeiro dia de trabalho. As notificações chegam em catadupa ao meu cérebro e eu ando ali feita barata tonta a tentar apreender toda a informação. Às vezes olho para o paciente que vem ter sessão comigo e fico a pensar "quem é este? qual é a patologia dele e o que é suposto eu fazer com ele?"  

 

Resumindo, demorei um mês a sentir que tinha voltado a 100%. No entanto, escusado será dizer que com as substituições de férias dos colegas e o ritmo frenético de trabalho durante o mês de Agosto (sim, porque a doença não tira férias no verão!), já estou a precisar de outras férias. Quem mais nesta situação?

 

Beijo na bunda! 

03
Jul18

Isto da saúde mental...

A ansiedade até andava controladinha, mas desde que estou de férias tem sido o descontrolo total relativamente à alimentação e a cabeça já está a dar em doida por ver o corpo a aumentar de tamanho.

 

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

(...)

 

Nota: repetir este mantra até à exaustão. Não posso deixar que estes pensamentos negativos sobre o aumento de peso me afectem. Sou mais do que isto. E a ansiedade que já andava tão controladinha...

... depois isto funciona como uma bola de neve. Há um aspecto que me incomoda, e a minha cabeça vai desgovernada à procura de outras coisas que estejam mal... sim, porque haver só "uma coisita" que não vai bem não pode, ou a vida é uma merda pegada ou então não vale a pena queimar neurónios.

 

Agora voltei a pensar em mudar de trabalho, eu que já tinha decidido deixar correr e ir vendo as ofertas que aparecem até ao início de 2019... penso no exame de francês que tenho que fazer no dia 19 de Julho e sinto que quanto mais olho para a matéria menos sei... penso neste corpo que me está a "falhar", e ao mesmo tempo sinto que estas preocupações corporais demonstram mesmo a situação privilegiada em que me encontro e o quão parva sou em "preocupar-me" com estas coisas (ando a comer chocolates e gelados sem parar, uma ingestão calórica muito maior do que aquela que preciso, e há países onde as pessoas não têm sequer a comida que precisam para sobreviver... sou a única que pensa nisto desta forma? que sente esta culpa por comer de mais?) and so on, and so on...

 

A ver se volto rápido para os meus green juices, corridas de dois em dois dias e a ter um dia ocupado. Parecendo que não, ir trabalhar, por muito que eu não goste daquele trabalho, deixa-me ocupada e permite-me estar "a ser útil" 8h por dia. Estar de férias é quase um atentado à minha saúde mental...  e que pena eu tenho que isto seja assim...

02
Jul18

Estar de férias significa planear uma vida melhor.

Eu disse que vinha cá mais tarde meter os meus assuntos em dia. Ainda não é o dia, mas fica aqui um cheirinho.

 

Sou a única que quando está de férias faz mil e um planos para "mudar de vida"?

 

Ah e tal quando regressar vou fazer exercício todos os dias. E tal e coiso que não volto a comer uma porcaria. Restaurantes só quando o rei faz anos. Poupar o dinheiro todinho que bem é preciso! Arrumar e organizar a casa vão ser a ordem do dia. Aproveitar mais cada minuto e sair do ram-ram de casa-trabalho-casa. A vida são dois dias. YOLO!

 

E depois chega a realidade e: 

 

 

Estou nessa fase, a fazer mil e um projectos para o meu regresso a França. E ainda só estou de férias há uma semana. Faltam duas. Ainda falta uma semana com os meus pais na terrinha, ir ao RFM Somnii e passar outra semana com os meus pais. Depois não volto a Portugal até 2019 ainda com data incerta. Ou seja, não sei quando volto cá. Vai ser loooongo, por isso para além da minha mini-roadtrip sozinha por Faro, Évora e o festival, não planeei mais nada. Estas semanas vão ser mesmo para aproveitar a minha família.

 

Para além de um mini-congresso em Outubro e de um fim-de-semana com a H. em Agosto não tenho mais nada planeado para os próximos 4 meses. Mas adorava ir à Austrália visitar a J.

 

Nunca vos contei o que aconteceu à J. a minha bebé grande. A moça foi para a Austrália em Maio, trabalhar como au pair e viajar muito... viver A aventura da vida dela. E que saudades que tenho dela, muitas mesmo. Um dia volto aqui a falar dela.

 

 

E também falarei sobre os meus planos de voluntariado internacional.

 

 

E sobre o C. Está tudo a correr bem com ele. Pensei que as férias fossem afectar um pouco o que começámos há 4 semanas atrás, mas não. Ele manda-me fotos da viagem dele, está em Dublin a embebedar-se com os amigos, o malandro. Eu mando fotos da minha viagem, estou em Portugal a enfardar como se não houvesse amanhã. Parece que nem estamos longe um do outro. Estou a gostar muito deste menino. Vamos lá ver como corre. Acho que já merecia algo de bom neste campo da minha vida, o campo amoroso. Algo que durasse mais do que um ano ou alguns meses...

18
Jun18

Aiiii....

... meus caros, tenho tanto para vos contar!

 

Mas vou de férias este sábado e tenho tanto para fazer aqui por casa e fora dela! 

 

Fazer mala...

Ir ao banco...

Ir à farmácia...

Consulta na psicóloga...

Terceiro date com o moço...

Ir jantar a casa de amigos...

Ir comprar umas sandálias...

Preparar os dias de férias em Faro (ainda não sei 100% o que vou fazer)...

 

E o que tenho para vos dizer não é algo que se faça em cima do joelho.

Portanto...

Assim que tiver um tempinho ainda esta semana venho cá, se não conseguir, vemo-nos daqui a uns dias quando estiver em Faro num hostel manhoso qualquer e tiver um tempinho para vos escrever com calma.

 

Com muito amor e muitos beijos na bunda 

 

A vossa querida dESarrumada! 

07
Set17

Epah, obrigada!

De entre todos os momentos eternos que vivi estes últimos dias, tenho a anunciar que já estou por França e pronta para atacar mais uns bons meses de trabalho antes de ter férias outra vez. Vamos lá que a vida não pode ser só boa vida e descanso - apesar de eu, todas as noites, desejar ardentemente acordar numa ilha paradisíaca, com uma conta bancária que mais parece um número de telemóvel e com 10kg a menos - mas isso não interessa nada, pelo menos sabendo que tenho que acordar daqui a 6 horas para "picar-o-boi" - digam-me que isto também se diz na vossa terra, por favor - ok, já volto ao mais importante.

 

O SAPO destacou-me aqui, e não podia ficar mais agradecida, afinal estes posts saem cá do fundo da tripa e uma pessoa fica contente com algum reconhecimento do big boss. Excepto o meu chefe da vida real, esse é um colhão com pernas e sempre há-de ser.

 

Os tomates da minha varanda secaram (quem segue o meu insta stories há pelo menos 3 meses vai saber de que tomates estou a falar) e a salsa e o tomilho também secaram (mais uma vez, se não segues o meu insta stories, seguisses). Não sirvo para cuidar de outros seres vivos, está comprovado. Ou então devia arranjar amigos melhores por aqui, daqueles que não vão 3 semanas de férias ao mesmo tempo que eu, deixando-me sem outra alternativa que deixar ali as plantas na varanda ao abandono. Na próxima Primavera tento de novo, um dia hei-de ter uma horta em casa, ai, hei-de, hei-de! Oubistes??

 

De resto tudo ok, estou a pensar começar uma saga com a minha perda de peso. Operação "em 2018 fico boa", certo? Quem conheceu as operações: "em 2015 fico boa", "em 2016 fico boa" e em "2017 fico boa", já sabe do que estou a falar. 3 operações com um saldo negativo de 10kg. É isso, provavelmente já ninguém me leva a sério.

 

Mas eu nem que escreva p'ó boneco, já não largo isto, que isto é quase melhor que fazer o amor louco e desvairado num Airbnb qualquer no Algarve... quase melhor, atenção. Não disse que era melhor. Boa noite, vou só ali dormir umas horas antes de ir trabalhar. Há coisas que nunca mudam.

02
Set17

Posso?

Posso parar o tempo nesta semana? Posso continuar a aproveitar o calor, a cidade de Faro, os passeios nocturnos, os beijos dele, a pele bronzeada e salgada, até me cansar e talvez desejar, ou não, os dias tão frios que me esperam lá do outro lado? Posso ficar naquele momento em que ele disse "amo-te" pela primeira vez... para sempre? Posso nunca mais voltar e ficar aqui, com ele, até esquecer que o resto do mundo existe?

30
Ago17

Diário de bordo 30.08.2017

Estou aqui sem sono, por isso nada melhor do que aproveitar para actualizar aqui o pedaço com informação essencial à vossa sobrevivência (not!)

Vou acabar as férias passando uns dias com o menino no sul do país, e começa já amanhã (é com muita tristeza que deixo os meus pais mais uma vez, mas aqui na Serrinha não se faz muito e já estava a começar a ficar cansada de tanto engonhar).

Não posso negar que estou ansiosa para lhe saltar para cima... 

 

23
Ago17

Nadadora de Verão.

Os meus dias têm sido muito produtivos, mesmo. É acordar tarde, comer, apanhar sol na piscina e nadar. Descobri que sou uma nadadora nata, daquelas que só nadam no Verão, estão a ver? Com isto decidi que talvez me inscreva na piscina coberta da zona onde moro lá em França. E no ginásio. E já vi montes de formações que quero fazer, algumas relacionadas com a minha profissão, outras não. Entre outras, quero mesmo tirar um curso de cozinha indiana. Que adoro!

 

A minha cabeça anda sempre a mil, a diferença é que quando ando de férias isso traduz-se num andar a mil bom, uma ansiedade boa, se isso for possível nesta minha cabecinha. Quase que tenho vontade que Setembro chegue e que o Outono venha com ele, com novos projectos e aventuras. Afastar-me do trabalho e dos constantes "apagar de fogos" quotidianos ajuda-me a ver o "big picture", o motivo pelo qual quero andar cá, a minha força motriz, a minha motivação e o que me dá alegria. Note to self: não voltar a ficar mais de 6 meses sem tirar férias, nunca mais. Ouviste? Fixa isto, e não voltes a cair na mesma asneira.

 

De muitas ideias que andam por aqui a fervilhar, a ideia de criar um blog sobre vida saudável não me sai da cabeça, mas não sei se teria jeito para esse tipo de escrita ou se seria suficientemente consistente. Tenho também a sensação de que muitos dos que já existem trabalham com marcas e parcerias. Isso não é bem a minha onda, acho. Gosto de escrever para partilhar, para fazer rir, no caso deste blog, para inspirar, no caso de outro blog qualquer que possa vir a criar. Deixar de escrever é que ficou fora de questão, preciso disto. Isto é o meu oxigénio, o que me mantém à tona de água. Escrevo para mim e para o próximo, e não com o objectivo de vender algo com 10% de desconto, usando o código X... lá está, talvez não seja talhada para esse mundo da vida saudável...

 

Digam-me um blog, só um, que fale sobre alimentação saudável e exercício, que tenha um bom pedaço de "fama" na área e que não esteja a vender nada. Aguardo sugestões, e assim conheço novos cantinhos. Entretanto vou continuar a ler, a pesquisar, a evoluir como ser humano e ser espiritual. Gosto de acreditar que é para isso que cá andamos, afinal.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D