Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

13
Jan19

Uma ida à esteticista dentro da minha cabeça.

Depois da saga uma idas às compras dentro da minha cabeça e uma ida a um WC de festival dentro da minha cabeça, apresento-vos uma ida à... é só ler o título do post, ok ?

 

* epah, a viagem está a aproximar e aquilo ainda são duas semanas, se calhar é melhor depilar este matagal com cera não vá uma pessoa ficar perdida no fim do mundo lá na Austrália, sem acesso a água corrente e vida civilizada... e, horror dos horrores, sem possibilidade de passar uma gilette nestes pêlos *

 

[ toca de ligar para marcar o rendez-vous um mês antes, porque isto aqui em França não há cá essa coisa de aparecer na hora. sendo que para eles aparecer na hora é ligar na própria semana ]

 

- Tô? Allô, allô, olhe desculpe, era um rendez-vous para arrancar o pêlo às virilhas, pernas inteiras e axilas, faxabor .

 

Chegou o dia fatídico, ontem... já não arrancava pêlos com cera há quase um ano. Estava com cagufa. Muita. Chego e a senhora encaminha-me para o gabinete onde estava a marquesa, uma musiquinha zen e uma decoração muito gira.

 

Diz-me para me despir muito educadamente (a politesse francesa sobre a qual já vos falei no meu Podcast, lembram-se???) e sai.

 

* epah, esta musiquinha de fazer bebés é que não, que estou com o período e começo já aqui a chorar ainda antes de ela arrancar o primeiro pêlo *

[ começo a tirar a roupa e a metê-la num cadeirão tudo destrambelhado à la dESarrumada ]

 

* porra rapariga, pensas que estás em casa? dobra lá essa camisola como deve ser, vira as calças ao contrário que as deixaste do avesso e toca de desenrodilhar essas meias que isso mais parece um novelo de lã *

 

* fogo, já nem posso ser eu própria na minha própria cabeça, tem que vir para aqui esta voz da razão mandar vir comigo *

 

* shiu, faz o que te digo e cala-te *

 

*ok, ok, vamos lá deitar as nalgas na marquesa e relaxar *



[ creeeeee... ]

 

[ creeeeee... ]

 

* rai's parta estes papéis de rolo que eles metem nestas marquesas, isto rasga-se logo quando uma pessoa senta o cu e ainda nem sequer me deitei. *

 

[ creeeeee... ]

 

[ creeeeee... ]

 

* puta que pariu, desisto, vai ficar rasgado e vai. assim com'àssim isto no final da sessão já está a ficar colado por tudo quando é reentrâncias do meu corpo por causa da transpiração e bocados de cera *

 

[ a senhora entra e pergunta se estou confortável ]

 

- sim, ótima.

 

* estás a mentir com quantos dentes tens na boca *

 

* shiu, cala-te *

 

[ começa pelas axilas ]

 

[ passa uma tonelada de pó de talco por todo o lado, suficiente para absorver toda a transpiração do meu corpo. tudo numa só axila ]

 

[ mete a cera com uma espátula ]

 

[ ZÁS ]

 

* FODA-SE!!! * 

 

* já me tinha esquecido do quanto esta merda dói *

 

* tenho a certeza que levou pele atrás, só pode *

 

[ olha para a desgraça, só tinha arrancado o equivalente a 3 cm, ainda faltava p'raí 3/4 da axila ]

 

* isto vai demorar mais do que aquilo que tinha pensado *

 

* 'tou fodida *

 

[ quando chega à outra axila mete cera por todo o lado como se estivesse a barrar Becel no pão ]

 

[ ZÁS ]

 

[ arranca tudo de uma vez ]

 

[ procedeu da mesma forma para as pernas ]

 

[ a perna esquerda fez às mijinhas e ficou uns 15 minutos nessa ] 

 

[ já a perna direita foi um besuntar de cera que aquilo era uma festança... e depois é pegar na banda e pumba, pumba, pumba, num minuto estava a perna toda careca ]

 

* que raio de método *

 

* ela lá deve começar com calma e paciência mas depois resolve dizer que sa foda e o segundo membro é feito a despachar *

 

[ chegámos à paxaxa, essa desgraçada fica sempre para o fim ]

 

[ pumba, um litro de cera na parte de cima do "triângulo", entre o umbigo e a dita cuja ]

 

[ dá pancadinhas com a mão na cera até esta secar ]

 

[ e ZÁS ! lá se vai a paxaxa c'os porcos! ]

 

* ai c'um carago, foi desta que fiquei sem pele! se fosse um homem JÁ TINHA FICADO SEM PILA *

 

* aguenta, está quase *

 

[ afasta-me as pernas ]

 

* ai não. ai não. chegou a parte de baixo. é agora que ela me arranca os beiços da paxaxa *

 

* já foste. nunca mais vou poder fazer o amor. vou ficar com a vulva desfigurada *

 

* lá se vão os encontros com os gostosos do Tinder *

 

[ ZÁS ]

 

[ ZÁS ]

 

[ ZÁS ]

 

* nossa, é desta que ela me mata! *

 

* já fiquei com a paxaxa a arder. chamem os bombeiros! *

 

* nunca mais aqui volto * 

 

[ levante a perna, agarre-a e mantenha o seu joelho contra o peito ]

 

* pronto, agora 'tou aqui toda escanchada enquanto ela me mete cera no cu *

 

[ entra um cliente na loja e a porta da entrada faz dlim-dlão]

 

[ a senhora sai para ver quem entrou e dizer-lhe para esperar, deixando a porta do gabinete onde eu estava entreaberta ]

 

* entretanto eu fico aqui agarrada ao joelho a apanhar com ventinho na dita cuja e com cera a arrefecer no traseiro, boa, um momento para recordar com orgulho *

 

* ninguém merece passar por esta humilhação na vida *

 

[ senhora chega ]

 

[ ZÁS ]

 

* fiquei sem esfíncter anal *

 

[ ZÁS ]

 

* isto dá vontade de fazer cocó *

 

[ espalha um óleo que arde por todo o lado ]

 

 * nunca mais aqui volto * 

 

[ arde ]

 

* nunca mais aqui volto * 

 

[ arde mais um bocadinho ]

 

* nunca mais aqui volto A SÉRIO * 

 

[ acabou a sessão]

 

[ visto-me e faço o walk of shame até ao balcão para pagar ]

 

[ manda para cá 40€ e não digas que vais daqui ]

 

[ saio, olho para o preçário que estava na porta e vejo que me tirou 5€ à conta final ]

 

* acho que lhe fiz pena e até me baixou o preço *

 

* obrigada senhora, foste implacável mas estás cá dentro *

 

[ afasto-me do salão de estética, olho para trás tentando pensar numa estratégia para nunca mais ali voltar... ]

 

* até podia pegar fogo a isto tudo, mas daqui a 4 semanas os pêlos estão de volta... deixa-te disso *

 

[ fui ao supermercado e comprei um chocolate para abafar a dor ]

 

[ quando cheguei ao carro comi o chocolate com uma lágrima no canto do olho ]

 

* se não fosses tu, chocolatinho da minha vida, não sei o que seria de mim! *

 

 

Beijo na bunda! 

 

09
Jul18

Uma ida a um WC de festival dentro da minha cabeça.

Depois da saga "uma ida às compras dentro da minha cabeça" trago-vos hoje este relato. Preparados?

 

Não?!?!? Num faz mal, vou contar na mesma!

 

Como é óbvio quando falo em WC estou a referir-me a este género de sanitários portáteis de utilização extremamente agradável:

 

sanitário portátil.jpg

 

* oh não! estou com vontade de ir mijar. deixa-me cá percorrer meio quilómetro de areia a ferver para chegar lá bem ao fundo do recinto, onde estão os WC todos *

 

* nem tudo é mau, fazer festivais na praia tem a vantagem de uma pessoa trabalhar as pernas enquanto faz força na areia para avançar *

 

* imagina se estivesse mais bêbada do que isto *

 

[ caminhei ]

 

[ caminhei ]

 

[ caminhei mais um bocadinho ]

 

*acho que vi um camelo *

 

* ah não, é só um gajo vestido com um disfarce de unicórnio. que fofo. *

 

* ele não tem calor? aquela merda parece um pijama! quem é que vem de pijama para a praia??? *

 

[ cheguei à entrada das casas-de-banho, montes de gajos desemparelhados à espera da sua dama]

 

* é curioso como há sempre mais gajos à entrada dos WC das raparigas que no dos rapazes! *

 

* não há fila, yupiiii! deixa-me cá escolher um dos que estão mais no fundo! *

 

* deve haver aqui umas 100 cabines. por isso não há fila. esta malta pensou em tudo! *

 

[ abro a porta ]

 

[ vem de lá um bafo fedorento muito quente. ]

 

* parece que estou a abrir um forno com um rosbife de merda a assar no interior *

 

* respira fundo, vai passar rápido, é só um chichizinho *

 

[ fecho a porta ]

 

* não olhes para o buraco *

* não olhes para o buraco *

* não olhes para o buraco *

 

[ olhei ]

 

* dESarrumada, faz o que quiseres à tua vida, mas NÃO-TOQUES-EM-NADA! *

 

* e deus-te-livre se deixares algo cair lá dentro, nunca mais o vês, porque eu é que não meto as minhas mãos ali dentro! *

 

[ tento pendurar a mala, mas o piçozito destinado ao efeito estava partido ] 

 

[ deixo a mala à volta do pescoço ]

 

* minha porca, não andaste a trabalhar os extensores do pescoço para nada não foi? mostra lá do que és capaz e segura aí uma mala com uma toalha de praia que mais parece uma toalha de pique-nique lá dentro *

 

[ desço os calções e começo a fazer um squat de casa-de-banho pública ]

 

* sobretudo NÃO-TOQUES-EM-NADA! *

 

* ai foda-se, escorreu um bocado de chichi para a coxa, deixa-me tentar limpar com papel antes que o resto siga o rasto e daqui a pouco tenho mijo a chegar ao calcanhar *

 

* e agora como vou fazer para tirar o papel da mala que está pendurada à volta do pescoço, sem tocar na sanita e sem descair o rabo para trás ou mexer muito para não caírem pinguinhas de chichi por todo o lado? *

 

[ consegui, não me perguntem como ]

 

[ enquanto limpo a coxa reparei que as cuecas do bikini estavam a tocar na parte da frente da sanita ]

 

* ai que nojo! porque é que não trouxe outro bikini? *

 

* juro que vou começar a chorar *

 

[ lembram-se de ter dito que estava calor? a esta hora já tinha suor a escorrer pela testa, costas e barriga ]

 

* neste momento toda eu sou humidade, despacha lá isso! *

 

[ limpei-me, deitei o papel no buraco sem olhar para trás e... ]

 

[ ...saí de lá para fora com um orgulho imenso e sensação de dever cumprido ]

 

* parabéns dESarrumada, conseguiste fazer chichi num festival sem que ocorresse uma tragédia! *

 

* agora só falta fazeres o mesmo nas outras 1270 vezes que vieres mijar nos próximos 3 dias *

 

 

 

Beijo na bunda! 

 

 

 

 

 

27
Ago17

Visto que 2017 é um caso perdido, dedico esta oração a quem vai fazer a sua despedida de solteira em 2018.

 

Mãe de todas as despedidas de solteira que estais no céu,

Venham a nós as pirocas de plástico na cabeça e os stripers musculados, bronzeados e oleados,

Seja feita a nossa vontade de álcool e deboche em varões de strip,

O juízo para discernir o que é festa a sério do que é uma mariquice só para as redes sociais nos dai hoje,


Perdoai as tiaras de flores, os cupcakes enfeitados com corações e os balões dourados,

Assim como nós perdoamos as vestimentas brancas dos pés à cabeça e a hashtag #brideteam,

Não nos deixeis cair na tentação de convidar a mãe ou a sogra (pior, o futuro marido e amigos gajos!),

Mas livrai-nos de meter os cornos ao nosso amado futuro esposo com um bronco qualquer atrás da discoteca.

 

Amén.

 

 

Hoje e sempre,

a tua querida dESarrumada

Beijo na bunda! 


 

26
Ago17

A gordura é charme acumulado?

Sabes que o teu caso está a ganhar proporções fora do teu controlo quando a tua mãe, que é uma defensora acérrima do lema "gordura é formosura", olha para ti de cima a baixo e diz:

 

Oh filha, tu vê lá, estás a ficar com uma barriguinha, até parece que estás grávida.

 

A verdade é que já engordei uns 5kg desde que aqui estou. O meu peso está, pela primeira vez na minha vida, com um 7 no primeiro dígito da balança. Admito que não estou contente com esta situação. Mas estou a tentar manter os meus níveis de ZEN elevados para não deprimir de vez. Enquanto estiver com esta comidinha toda boa à frente, é suposto que eu faça o quê, tenha força de vontade e seja uma adulta crescida que sabe dizer não??? Era o que faltava...!

 

13
Ago17

Mudanças capilares me aguardam.

Como sabem na próxima terça-feira vou de férias para Portugal pelo período de três semanas. E qual a melhor coisa que posso fazer numa segunda-feira à noite antes de viajar??? 

 

Pintar o cabelo, claro!!! Yeay!

 

E esta cor da gama Colorista washout da L'oréal foi a escolhida!


(na caixa diz que só dura 2 semanas, e ainda bem, que eu sou corajosa mas não exageremos)

 

 

O meu cabelo é castanho muito escuro por isso admito que estou borradinha de medo... nunca experimentei uma cor que não fossem madeixas louras... mas eles dizem que isto acaba por sair tudo, por isso chill.

Quem quiser acompanhar a minha aventura com a coloração (em directo ou no stories ainda não decidi) pode espreitar no Instagram aqui do blog:

 

desarrumada_blog

 

 

[ Só para que não hajam dúvidas isto não foi um post pago, não sou uma digital influencer... por enquanto! ]

12
Ago17

Uma ida às compras dentro da minha cabeça.

[ dentro da minha cabeça passou-se assim... ]

* ok, hoje de manhã tentei enfiar aquelas calças bege tamanho 38, que me serviam perfeitamente no ano passado, e  que hoje não passaram da coxa, por isso vamos lá tentar encontrar umas parecidas para usar na praia *

[ pego em duas calças skinny tamanho 38 (em saldos) e olho para a largura da cintura delas ]

* acho que vou deixar de me armar em fit, assumir que engordei uns bons quilinhos e pegar logo nas de tamanho 40 *


[ pego em 4 pares de calças 40 (em saldos)  e vou para o provador ]

 

[ primeiro par]

 

* não servem! porra, foi azar, vestem pequeno, vamos para o próximo *

 

[ segundo par ]

 

* credo, quase que não conseguia apertar o botão na cintura, estes gajos das indústrias texteis andam a abusar nos tamanhos. tenho que deixar de consumir fast-fashion *

 

[ faço um squat, o botão quase que rasga ]

 

* foda-se *

 

[ atiro com as calças para o monte e passo para o 3º par ]

 

[ terceiro par ]

 

* ah, estão um bocado justas na barriga das pernas, mas isso é porque tenho uns gémeos do caralho agora que moro no 4º andar sem elevador. sou um bixo *

 

[ faço um squat ]

 

* porra, fiquei com o rego todo à mostra, isto assim não pode ser *

 

[ a J. que foi comigo às compras chega à entrada do provador ]

 

* então como está a correr? gostaste de algum par? * (em francês claro, que a moça não sabe falar tuga)

* não! até agora experimentei 3 calças e nenhuma serviu, talvez há 5 quilos atrás, mas agora nada entra *

* ok, queres que traga o tamanho 42? *

* nããããããõ! não estou pronta para aceitar o tamanho 42! preciso de me preparar psicologicamente. ainda tenho um par, vai ser desta que vai servir! estou confiante! *

 

[ J. fecha a cortina, eu corro para o 4º par, a minha última esperança ]

 

[ mete pé direito... ]

 

[ mete pé esquerdo... ]

 

[ sobe até aos joelhos, 1ª etapa concluída ]

 

[ sobe até às ancas, 2ª etapa concluída ]

 

[ sobe até à cintura, 3º etapa concluída ]

 

[ hora de fechar o botão, tento, estico, encolho a barriga... ]

 

* puta que pariu esta merda toda! vou embora! vou pegar fogo à loja! nunca mais aqui volto! *

 

[ dou a roupa à senhora que está à entrada dos provadores e tento esconder a cara de vergonha por nenhuma das coisas que levei ter servido ]

 

[ vou até à zona das bijuterias e pego nuns brincos que já tinha micado quando entrei ]

 

* venham cá meus queridos, ao menos vocês nunca me desiludem! *

 

 

02
Abr17

Eu e o meu período.

Dois anos depois de ter pensado nisto, decidi finalmente comprar um copo menstrual... e não é que ao final da segunda utilização já estou super fã???



Não é lá muito fácil de meter as primeiras vezes, admito que é preciso ganhar-lhe o jeito, e tenho muito medo que isto vire e que suje as cuecas todas sem dar conta. Mas que é uma libertação tanto física, como monetária (não há cá comprar mais pensos higiénicos para ninguém, yeah!!!) isso ninguém pode negar!


 


E a saúde, meus caros, a saúde que ganhamos ao deixar de meter o nosso corpo em contacto com todas aquelas porcarias que estão nos tampões e pensos higiénicos???


 


Ah, e fiquei agradavelmente surpreendida por ver a quantidade de sangue que sai, eu que sempre tive um período abundante pensei que teria muito mais e que tinha que esvaziar aquilo de 6 em 6 horas, afinal fiquei 12h seguidas só para testar os limites e quando tirei aquilo só tinha o fundinho cheio... afinal o tamanho S chega para mim e ainda sobra... 


 


E vocês minhas queridas, já experimentaram??


 

06
Set16

Sou só eu?

Ora adivinhem lá:


 


Situação 1: Comprar uma roupa por impulso e ficar a pensar em todo o dinheiro gasto nessa peça durante semanas.


Situação 2: Comprar uma roupa de forma consciente e pré-meditada, com comparação de preços online para ver qual a mais barata. E ter mesmo, MESMO, a certeza que preciso dela.



Qual das peças acham que vou usar mais? Uma banana para quem acertar.


 


 

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D