Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

03
Nov19

Cabelos louros.

Hoje estou aqui contigo. Só hoje. 

Despida. Crua. 

Deixarei o arrependimento para amanhã.

Hoje são esses cabelos louros, aqui. 

Imagino-os a tocar a minha pele, ao de leve, 

A cair por cima do meu pescoço,

Enquanto me beijas. Na boca. Na testa. Por detrás das orelhas. 

Imagino-te a olhares para mim, 

E a veres para lá da minha alma, 

Como tenho sentido que já o fazes, 

Sem te aperceberes do poder que tens sobre mim.

Vais aparecendo, e desaparecendo, 

Como que por magia, 

Como se por vezes quisesse que venhas, 

E outras vezes preferisse que ficasses bem longe.

Sinto-te tocar-me, as tuas mãos nas minhas, essa pele tão suave e lisa, 

E outra vez, esses cabelos louros,

Compridos, 

Entre as minhas coxas.

Sem arrependimentos. Hoje não. 

Se tudo não passar de um sonho, 

De um desejo impossível de realizar, 

De uma vontade inacabada... 

Vou em frente. Arrependimentos só amanhã. 

Gostaria de ser a tua princesa, 

Pelo menos durante uma noite. Um mero instante imortal. 

Numa noite infinitamente longa, sem questões, sem dúvidas, sem comos nem porquês, 

Em que um segundo contigo, 

Duraria para a eternidade... 

Faria de ti a minha rainha.

Hoje estou aqui contigo. Só me arrependo amanhã. 

27
Jun19

Epah... o ano ainda vai a meio e já descambou tanto...

Tantas e tantas vezes pensei em escrever mais sobre este assuntoda orientação sexual... mas tinha decidido que a avestruz ia meter a cabeça debaixo da areia e nunca mais ia falar nisto. Como andei a fazer durante anos e anos. Mais precisamente desde os meus 17 anos de idade... História toda »»» aqui ««« (leiam o post do link antes de continuar a ler este... se não perceberem nada daqui para a frente não digam que não foram avisados!)

 

avestruz cabeca na areia.jpg

 

Quando disse que 2019 ia ser o ano do FODA-SE, nunca imaginei que fosse ser épico a este ponto... e que a pessoa mais fodida fosse eu  Tenho-me descoberto muito a mim própria e à minha sexualidade de uma forma que nunca pensei que fosse capaz. E isso só pode ser bom, certo?

 

Comecei logo no dia 1, dormindo com um rapaz francês que está emigrado em Portugal, Lisboa. O pila#2. Ele estava de férias na terrinha dele, e acabámos por nos encontrar no meu antigo apartamento... ele levou vinho do Porto que trouxe de Portugal e pumbas... toma lá que é pixota!

 

Antes veio o Cacahuètes, e depois o Médico com quem saí 3 vezes, tudo muito romântico, mas que acabou por me dar ghost (este fodia muito bem e tinha bom gosto em restaurantes, homens com dinheiro é outra coisa, rendia-me a uma vida de luxo fácil, fácil...), entretanto em Março apareceu uma proposta para ter uma paxaxa#1 na minha vida (post do link que deixei no ínicio). Proposta essa à qual decidi fugir com o rabo entre as pernas. Depois aconteceu a experiência de quase-morte por asfixiamento com o Cachalote e houve as mudanças para Paris, a saga do Panda de Ouro que durou 3 meses e entretanto o Panda morreu com o Bambu, no final da minha primeira semana em Paris.

 

Só este ano já foram 4 pilas. Acho que vou parar de contar... 

 

Desde o Bambu que não houve outra pila. Porque entretanto tive o período. Mas houve uma surpresa... no último fim-de-semana fui festejar os 30 anos de uma amiga, e houve muuuuuuito álcool... quando digo muito álcool, não estou a exagerar! Eu sei que os tugas também gostam de beber... mas os franceses é outro nível, pelo menos os que tenho conhecido. Às 14h da tarde já estávamos super bêbados, e o pequeno-almoço do dia seguinte, às 10h, foi regado a vinho rosé... E isto tudo, esta vida de deboche, tem levado a que tenha ficado bêbada todos os fins-de-semana de Junho. E a que tenha comido uma gaja. 

 

Sim, sim, isso que leram... eu dESarrumada Maria, comi a minha primeira cona. E gostei. Muito. Não sei se já tiveram oportunidade de lamber uma rata... mas se nunca o fizeram, experimentem. Depois contem como foi...

 

Como é óbvio, esta história, acabou por acordar algumas coisas que estavam bem adormecidas em mim desde a minha adolescência... E agora, apesar das dúvidas existenciais sobre a minha orientação sexual, que não vou abordar no blog por "motivos"... admito! só penso em repetir a experiência... sóbria, e com mais tempo... num sítio que não envolva uma sala cheia de gente a dormir em colchões de ar, a uma distância de menos de um metro de nós, com crianças a dormir não muito longe... dizem que o perigo sabe bem e aumenta a excitação... oh se sabe!

 

Beijo na bunda! 

 

 

Todos os posts que abordem assuntos sobre sexo serão postados à noitinha para o pessoal não estar a ler isto no metro a caminho do trabalho. Ou até mesmo no trabalho logo de manhã. Agradeçam depois. Se não costumam passar no meu blog antes de deitar? Não sabem o que estão a perder.

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Posts mais comentados

Desarrumações antigas

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D