Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

23
Mai20

Voltei bitches // resumo resumido da vida pós-confinamento.

Eu sei, eu sei. Já não venho aqui há bastante tempo. Não comecem já a chicotear-me, que eu gosto  É que... admito, nunca tinha vivido uma pandeia mundial na minha vida. E nem sempre soube lidar. O facto de ficar 2 meses sem nenhuma fonte de rendimentos financeiros, enquanto trabalho por conta própria e vivo numa das cidades mais caras do mundo, não foi fácil de digerir. Mas já está a #ficartudobem. Já agora, este hashtag do arco-íris já enjoava...

Sinto que viajei no tempo... sinto que estes 2 meses de confinamento foram tão surreais que o meu cérebro já o apagou... No início da quarentena, tenho quase a certeza que tive o Covid e nem sabia... fui a um casamento, estando sem paladar e olfacto nenhum, mas pensava que estava com sinusite pois ainda não se falava muito nestes sintomas... imagino que a comida estivesse deliciosa, e fartei-me de enfardar, nem a falta de olfacto me impediu de aproveitar. Apesar do contexto um bocado atípico, adorei a festa, foi brutal! Este casal de "leões" merece tudo e mais alguma coisa, e eu adoro-os e desejo que a partir de agora seja sempre a somar! 

Entretanto comecei a namorar  Aqui a vossa crazy dESarrumada, está assim mais ou menos bastante comprometida com um moço francês chamado Titi... yah, como de costume, não sei gostar pouco de alguém... e isso traz-me algumas "lutas" interiores, tais como os ciúmes e o medo do abandono, que já ando a trabalhar com a psicóloga.... se querem que fale mais disto aqui, deixem comentario sff... assim sei que querem ler mais sobre isto e que não vos estou a maçar.

 Tenho feito muito amor, do bom, daquele em que se dá as mãos na posição de missionário (anjinha!) e daquele em que ele me prende as mãos atrás das costas na posição de quatro (diabinha!) Tem sido bom, muio bom! Não faço grandes filmes para o futuro, as minhas expectativas têm sido realistas.... tal como disse num post anterior cada vez mais compreendo que o o conceito de "alma gémea" não precisa de ser para a vida. Às vezes aquela pessoa é a certa durante uma parte do nosso percurso, e isso pode ser 1 dia, 1 mês, 6 meses, 1 ano, 10 anos, até morrer. Quem sabe?

Vou nanar. Amanhã já cá venho contar mais cenas. 

 

Beijo na bunda, livre, enfim! 

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Posts mais comentados

Desarrumações antigas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D