Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

29
Jul17

Indignada.

Anda a correr a notícia de que as taxas de desemprego em Portugal atingiram os valores mais baixos dos últimos 10 anos, ou algo assim. Fiquei indignada. Ora vamos lá ver, sabendo que uma grande parte dos tugas emigrou e que a outra parte ficou a trabalhar em empregos precários, muitos deles sazonais (pasme-se! esta notícia saiu no verão, época em que já se sabe que surgem uns quantos empregos sazonais, mais umas substituições de férias e que tais...)

Já não estou por Portugal, mas sinto que isto é gozar com o Zé Povinho. Tenho recebido mensagens e mensagens de colegas de profissão que querem emigrar no final do verão, porque as substituições vão acabar e depois não têm mais nada! Como já disse num comentário recente, quero também deixar aqui escrito no blog... o último a sair que desligue a luz!

3 comentários

Comentar post

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D