Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma desarrumada

Sátiras da vida de emigrante de uma desarrumada.

Diário de uma desarrumada

Sátiras da vida de emigrante de uma desarrumada.

11
Jun18

Em Paris, ou vai ou racha.

Este fim-de-semana foi passado em Paris com a H. Foi tudo muito bom, passeámos muito e reflectimos muito sobre a vida, mas tudo muito descontraído, sem stresses. Já há muito tempo que não tinha uma viagem assim. O pior acontece quando estávamos a ir para a peça de teatro de uma amiga dela, o motivo principal pelo qual fomos a Paris este fim-de-semana...

 

Estávamos no metro, que teve um problema na linha e estava atrasado, sentadinhas na carruagem fizemos as contas, íamos chegar 8 minutos antes da peça de teatro, mas a paragem de metro ficava a 13 minutos do teatro. Quando se chega em cima da hora, já não nos deixam entrar. Recebemos uma mensagem da amiga da H. a pedir para lhe tirarmos fotos durante a peça. Aiii, tirar fotos até tiramos, mas para isso é preciso conseguir entrar a horas! Um desafio avizinha-se... Barney Stinson* que está dentro de cada um de nós, mostra o que és capaz! Gritei bem alto cá dentro da minha cabeça:

 

Challenge accepted! 

 

H: "Vou activar o GPS, assim que as portas abrirem corremos o máximo que podermos, ok?" 

Eu: "Vamos a isso!"

 

Partida.

Lagarta.

* as portas abrem*

Fugida!

 

Corremos tanto, mas tanto, que nem me lembro de como saímos do metro. Aquilo foi descer escadas rolantes, aquilo foi voltar a subir escadas, aquilo foi fazer slalom entre as pessoas, ir contra malas, tropeçar em carrinhos de bebé. O que vale é que estamos super habituadas a correr juntas e já temos o mesmo ritmo de corrida (da última vez fizemos 7km sem pausa, kudos para nós! )

 

Eis que chega a luz do sol. Estávamos na rua. Estão a ver quando uma pessoa está tão concentrada na tarefa que está a fazer que se esquece que está no meio do passeio, que há passadeiras com sinais vermelhos, que há pessoas por todo o lado, que está numa grande cidade movimentada e que o mundo continua a girar? Foi isso que aconteceu. Escapamos por um triz a sermos atropeladas por uma mota de entregas de comida, "mas nem que a vaca tussa, hei-de chegar a horas àquela peça!"

 

E chegámos, 2 minutos antes da hora. A transpirar rios e rios de suor. A senhora da bilheteira olha para nós ofegantes e vermelhas que nem tomates. 

 

"Calma, calma, ainda têm tempo, os expectadores estão todos em fila à entrada e ainda ninguém entrou!"

 

Expiração de alívio. Aquilo foi correr para o WC para fazer um xixi de stress, que estava a apoquentar-me desde que entrei no metro e vi que este estava atrasado, depois esfregar-me dos pés à cabeça com papel higiénico para ensopar o suor. Fomos para a peça, a cheirar a cavalo. E conseguimos tirar as fotos que a amiga da H. pediu.

 

 


* personagem de How I Met Your Mother que diz Challenge Accepted quando se auto-propõe a desafios algo estúpidos

2 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D