Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma desarrumada

Sátiras da vida de emigrante de uma desarrumada.

Diário de uma desarrumada

Sátiras da vida de emigrante de uma desarrumada.

21
Ago18

Dicas para se escrever num blog que fui aprendendo ao longo de 4 anos.

E ainda com muito para aprender, mas para já isto foi o que aprendi:



- Escrever os posts mais longos durante a semana e programá-los para que saiam, ou logo de manhã, ou ali na hora de "despegar", entre as 17h30 e as 20h. As pessoas estão ou em transportes ou acabaram de chegar a casa e querem espairecer um pouco antes de começar a fazer o jantar. Posts entre as 5h e as 8h30 também funcionam bem, são os mais lidos pelas pessoas que apanham transportes para ir para o trabalho, ou que trabalham com computadores (muitas pessoas dão uma escapadinha aos blogs no início do dia de trabalho, shiiiiu, não contem a ninguém!)

 

- A terça-feira e quarta-feira, são os dias com mais visualizações. A azáfama da segunda-feira já se foi, mas ainda estamos suficientemente longe do fim-de-semana para as pessoas começarem a desconectar-se dos blogs. São portanto dias ideias para escrever testamentos ou textos mais pessoais.

 

- Escrever post curtos e divertidos ou com vídeos, músicas, frases, durante o fim-de-semana.

 

- Não escrever sobre assuntos importantes em épocas importantes, porque ninguém vai ler, exemplo: Natal, fim de ano e no mês de Agosto. Nestas épocas as pessoas só querem um post curto a desejar Feliz Natal/boas férias e nem isso vai ter visualizações porque "é mais do mesmo". Este ano tenho partilhado bastante em Agosto, e isso está a notar-se ao nível das visualizações. O ideal é fazer um post em Setembro com um apanhado de links para o que se passou no blog durante o verão. Vou fazê-lo, se estiver com paciência.


- Esta não é novidade, post com imagens e com títulos sugestivos são mais vistos. Mas não caiam no erro de fazer click-bait. Se fazem um título sugestivo, é bom que o texto fale sobre isso. Das duas uma, ou fazem humor com o vosso título, ou falam de outra coisa completamente diferente e o leitor sente-se enganado.

 

- Posts longos bem formatados aumentam a vossa chance de alguém os ler até ao fim. Ninguém quer ler um texto enorme sem justificado, parágrafos, negritos e outras estratégias para tornar um post longo mais digestível. Tenham cuidado com isto... já me aconteceu deixar de ler um texto grande porque a letra estava muito pequena ou as frases estavam muito coladas. Também já me aconteceu fazê-lo aqui no blog... mas ou é com o propósito de fazer algo do estilo "despejo da alma, vou publicar isto sem reler, nem formatar, seja o que Deus quiser", que é um estilo de posts geralmente muito apreciados, ou então estava no telemóvel, e é uma porcaria formatar posts no telemóvel.

 

- Erros de escrita... sei que acontece aos melhores e é fácil de perceber o que foi uma gralha de escrita do que é um verdadeiro erro... um "queria que tu fosse dar uma volta" não é a mesma coisa que um "queria que tu foçes dar uma volta". No entanto, um erro a cada duas palavras, evitemos... já subscrevi pessoas que fazem muitos erros porque o conteúdo é mesmo bom e uma pessoa pensa "vamos dar uma oportunidade, mas é pena escrever com tantos erros"  e eventualmente as pessoas acabam por se aperceber que o SAPO BLOGS tem uma opção fantástica na edição de posts que corrige os erros todos (botão ABC), eu uso sempre, e vocês? 

 

 

E vocês, meus unicórnios desarrumados, que dicas sobre escrever em blogs têm para partilhar com a malta?

 

Beijo na bunda! 

 

25 comentários

Comentar post

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D