Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

13
Set19

Desafio dos pássaros #1 Problemas, só problemas...

 

Problemas. Incógnita. Duas palavras que se escrevem com 9 letras. Tantos problemas a resolver, para encontrar uma incógnita de uma só letra. X.

 

9 letras. Tal como o meu nome, o verdadeiro, não o pseudónimo do blog. Quando era criança acreditava que o meu nome era um problema, porque tinha muitas letras, enquanto que o dos outros meninos tinha menos. E sentia-me injustiçada. Chegava a casa e rogava pragas à minha mãe por me ter escolhido um nome tão grande. Problemas de uma criança de 3 anos que está a aprender a escrever.

 

Já o nome do blog, esse tem 11 letras! Já é para meninos crescidos. Mas também parece ser um problema para algumas pessoas. Já cá chegaram pessoas a procurar por uma desarumada, ou dsarumada, ou dessarumada. Se calhar não é um problema assim tão grande, porque o senhor Google sabe bem para onde esta malta quer ir e manda-os para aqui na mesma.

 

Mas isto, é um problema menor. O problema maior, é que aprendi o teorema de Pitágoras, sabia aquelas fórmulas matemáticas de cor e salteado, e até procurei o valor de X vezes e vezes sem conta... Para, hoje em dia, a resolução desses problemas, não me servir para rigorosamente nada. O X que procuro, e que completaria a minha equação, teima em não aparecer. 

 

Confesso que... No 12° ano, andava tão fartinha de procurar o tal valor de X, que a minha escolha profissional acabou por não ser completamente inocente. Olhei para todos os cursos de saúde, e escolhi o que me parecia ter menos matemática. E acertei em cheio. No curso com menos matemática... Relativamente a ser a profissão para a qual tenho mais vocação e que vou exercer para o resto da vida, isso já é outro problema.

 

Tento saber com que fórmulas se escreve a vida, com que regra de três simples é que se chega ao valor da felicidade, com que calculadora é que encontrarei o resultado que procuro...  Como poderei continuar a viver se nunca encontrar o X da minha vida? 

 

Incógnitas. Cada um tem as suas. E neste momento as minhas poderiam ser um problema, mas decidi inventar o meu próprio mundo de números imaginários. E para já, essa solução chega para ter um Suficiente que me Satisfaz Muito Bem. Mesmo sem ter encontrado o valor de X. 

 

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D