Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma desarrumada

. desarrumações . emigração . humor parvo . lifestyle . badalhoquices . coisas de gaja .

Diário de uma desarrumada

. desarrumações . emigração . humor parvo . lifestyle . badalhoquices . coisas de gaja .

24
Dez17

Coisas várias que se ouvem no jantar da consoada.

"Amanhã também é dia, agora já tenho o pandeiro cheio." "Já comi que nem um padre." "Os sírios ainda têm a luz acesa, se os antigos donos daquela casa voltassem a este mundo e vissem lá os sírios até se benziam." "O cruto da igreja por cima dos sinos fui eu que o andei a pintar há muitos anos." "A irmã não quis que a Rata fosse enterrada na mesma campa que o marido. Agora ficaram os dois em buracos diferentes." "Cá cresceu, cá se casou, mas ela é mais nova que eu e eu não cresci cá. Eu vim para cá servir nas terras, conheci o teu avô e cá fiquei com este esmaltelho." "A tia Arminda tinha um cão que cagava no fundo das escadas e ela não limpava nada. Ela ia dormir e no dia seguinte a merda ainda lá estava." "Eles é que se governavam bem, ele vinha da Suíça e dava borregos a toda a gente."

1 comentário

Comentar post

Vamos escolher um nome para o meu vibrador?

Crie seu próprio questionário de feedback de usuário

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

Diário em fotos aqui:

Mais sobre mim

foto do autor

Desarrumações antigas

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D