Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

05
Fev15

Artigos parvos #1: 5 motivos pelos quais o ex te procura

Bem, hoje dou início a uma rubrica nova. A rubrica em que vou pegar em artigos parvos, que leio em páginas da Internet, e tentar dar-lhes o meu ponto de vista, ainda mais parvo. Vamos a isto, ok? Ansiosos? Coitados.

Este artigo foi tirado de um site brasileiro sobre relacionamentos e fala sobre os motivos que levam os ex (homens) a falar com as ex-namoradas.


 


1. AINDA NÃO ARRUMOU OUTRA (QUE GOSTE): Vocês terminaram há pouco tempo. Ou mais. Cada um seguiu no seu barco, na sua direção. Mas aí o acaso sopra um vento e muda o curso das coisas, e, de repente, o cara te liga (geralmente domingo) te manda mensagem (especialmente de madrugada), dá uma curtida numa foto sua e vocês se encontram pra um chope. Não é bem acaso. O cara tentou seguir adiante na vida, saiu com algumas garotas mas nenhuma mexeu. Uma trepada boa, por mais suada e gostosa que seja, não substitui o valor da intimidade (...)


Aqui eu não podia estar mais de acordo, ex que só volta a falar quando está carente é porque quer mandar uma queca à mágico... abracadabra, e puffff... desapareci! Ah, e tal, "talvez ele esteja com saudades e tenha percebido que sou o amor da vida dele". Não filhinha, isso não aconteceu nem vai acontecer. Deixa-te de merdas! Ele quer-te porque já és terreno conhecido. Ponto.


 


2. VOCÊ É UM “EX” MULTIUSO: Essa á uma via de mão-dupla. Homens e mulheres podem se tornar “ex” multiuso. A ex multiuso é aquela ex que é polivalente. Tem uma casa bacana, tv com Netflix, piscina no prédio, comida na geladeira, mora sozinha (enquanto o nosso amiguinho mora com os pais) e tem carro. Além disso, você alimenta uma esperança de que um dia reatem e sigam pela estrada da vida – ou outra coisa mais piegas. Isso não vai acontecer. O cara que desfruta desse conforto não é bem um homem. É menino (...)


Esta talvez não precise de grandes comentários da minha parte, mulher que aceite isto não tem noção de amor próprio. Conselho: se não o fizeres por ti, fá-lo pela tua carteira. Ninguém gosta de sustentar os filhos (grandes e vacinados) dos outros.

3. É SÓ SEXO: Vocês namoraram, confere? Então, das duas, uma: ou era bom o sexo ou o diálogo. Porque se os dois fossem bons, vocês ainda estariam juntos. Portanto, se o ex te procura, pode ser “só” sexo. Imagino que ele não vai te procurar pra ter dois dedos de prosa, certo? E isso é ótimo. Diz muita coisa. Que você é boa de cama, que mesmo solteiro ele te procura, que você vai (ou pode) ter vários orgasmos, fora a conversa, a saudade, o clássico rewind das coisas que vocês viveram (...)


Tipo, não, ele não teve sexo contigo por ter saudades tuas. Ele apenas queria esvaziá-los e bazar. Sim, desarrumada, estás a ficar um pouco repetitiva. A culpa não é minha, tá? O artigo original é que bate sempre no mesmo tema.


 


4. DOR-DE-COTOVELO (OU DE CORNO EXISTENCIAL): O cara tinha inveja do seu trabalho. Não admitia que você brilhasse (também). Ciúme dos seus amigos, das suas amigas, da galera do seu trabalho, dos seus posts, dos seus comentários. Era bom de cama, um sujeito engraçado, mas que, aos poucos, foi se revelando. Geralmente são bonitos, muitas mulheres em cima, e ele acaba não valorizando a primeira-dama. Pelo contrário, compete com ela. Até porque esse cara só deve namorar (ou tentar) mulher gata. E criar em cativeiro. Com o passar do tempo, nesse tipo de relação, a mulher dá uma caída, engorda, fica chata, reclamona, o sexo esfria e vocês terminam. O cara por cima, você… Bem, você sabe. Passa um tempo, semanas, meses. Ele te vê na rua ou na festa, ou melhor ainda, pra humilhar: na praia. Mais magra, cabelos curtos (ou de outra cor), bronzeada, sorridente, mais que isso, gargalhante, num grupo com amigos e amigas. E o melhor: desacompanhada. E ele percebe que você está mais bonita, mais feliz sem ele, que se pergunta: “como?” (...)


Pois é meu caro, a vida não gira à tua volta! As pessoas seguem em frente. Deixaste-a porque ela tinha a barriga gorda, dentes tortos, acne e cabelo frizado? Temos pena que ela tenha emagrecido, usado aparelho, feito tratamentos à pele e ido à cabeleireira. Agora ganhou tempo para si própria, porque já não perde tempo a aturar-te com ciumeiras. Nabo.


 


5. VOCÊS VIRARAM AMIGOS: Do término de um relacionamento pode, muito, mas muito, às vezes, nascer uma amizade. Isso na cartilha do politicamente correto. Na prática é igual metabolismo, cada um funciona de um jeito. De qualquer maneira, vocês se tornaram amigos. Ninguém aperta mais ferida antiga, cada um fala sobre seus novos casos como uma maneira de hastear a bandeira do armistício pós-conjugal. Mas de vez em quando ele manda uma frase de efeito, ambígua, que você nunca sabe se é um “tenho muito carinho por você” ou se tem uma queda por você, mas – por orgulho ou medo da rejeição – fica na dele. (...)


Ficar amigo do ex? Sim, se houver filhos envolvidos. Aí a desarrumada não mete o bedelho. Mas se acabaram por motivos parvos e não há nada que vos ligue. Sigam em frente! Há muita peixota no mar. Ah, escrevi peixota? Queria dizer pixota. Ou melhor, pixona.

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D