Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

20
Set18

Aqueles momentos em que tenho vergonha de mim própria.

Epahhhh, pronto, deixa-me cá construir os factos devagarinho: andava há montes de tempo sem sofá. Falei nisso aqui, aquiaqui (e em tantos outros posts porque andei a falar do raio do sofá durante um ano e só agora a pesquisar posts para este link é que me apercebi das inúmeras vezes que falei nele). Finalmente, arranjei o sofá em Agosto. Fui com umas amigas minha na carrinha de uma delas buscar o sofá a Orleães, a casa de um tio de uma delas que já não precisava do sofá e estava a dá-lo de graça.

 

Já disse que foi DE GRAÇA???

 

 

 

O sofá chegou cá a casa não sei como - nem queiram imaginar quatro raparigas, uma delas com 1 semana de pós-parto - a trazer um sofá até ao 4º andar de um prédio. Limpei-o com cuidado, encontrei muitas teias de aranha e os cadáveres dos ditos cujos bichos, quase que vomitava várias vezes durante todo o processo de limpeza, mas ele lá foi ficando operacional. 

Entretanto, como já sabem que sou desarrumada e não é pouco, ele andou cheio de tralha em cima durante uns tempos. No último fim-de-semana decidi tirar a tralha e o sofá ficou ali lindo e pleno à espera que eu me sentasse nele, com uma chávena de chá, a ler, ver series, ver filmes, e tantas outras coisas que tinha planeadas para ele.

 

Pois bem, gostei tanto do sofá que ando a dormir nele desde domingo. Peguei na almofada e no edredão e ala para o sofá bater um soninho daqueles mesmo bons.

 

Se fosse só isto vocês até iam achar que foi uma escolha consciente e por razões de conforto. Mas não foi. Vou contar-vos a verdadeira razão para andar a dormir no sofá.

 

No domingo tinha tido a bela ideia de tirar os lençóis da cama para os lavar (normal), só que entretanto pus-me a falar com a minha mãe ao telefone até às tantas da noite (eram os anos dela), e fiquei com tanta preguiça de meter os lençóis lavados na cama que disse para mim própria "ohhh, só por um dia dormir no sofá não há-de ser um problema". Pois. Isto já dura há 4 noites e acho que não volto para a minha caminha tão cedo porque já lhe ganhei o gosto. E meter sozinha aquele lençol com elástico à volta do colchão provoca-me cá um fastio...

 

9 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D