Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

22
Dez19

9. Abraço-Casa.

Existe uma música brasileira muito conhecida que fala de alguém que tem um "abraço-casa". Ou pelo menos é assim que eu o interpreto.

 

Eu conheço este conceito de abraço-casa relativamente à minha família e aos meus amigos. Mas no campo amoroso ainda não tinha tido oportunidade de "voltar" para um abraço-casa.

 

Soube pela minha mãe que, o meu último ex (com quem tive uma relação à distância) foi trabalhar para Angola. É engraçado que, ele não quis vir morar aqui comigo em França porque era muito longe da família, mas depois foi morar para África. Ok, tudo bem, essa história tocou-me muito, mas sinto que um ano chegou para poder finalmente dizer que o "esqueci"... Quando vejo as fotos dele não sinto nada. O que é estranho, porque o que vivemos foi muito intenso... Mas pronto, é assim a vida...

 

Mas este texto não é para falar sobre Ele... Este texto é para falar sobre o primeiro amor da minha vida. O rapaz dos olhos verdes que roubou o meu coração quando tinha 20 anos. Por incrível que pareça... Foi a pessoa que mais me fez sofrer, mas também a que mais amei. 

 

Mas o nosso término foi muito triste. E traumatisante. Pensei nele durante anos, sobretudo quando quero procurar algum conforto. E ainda penso.

 

Há alguns dias mandei-lhe mensagem. Para saber como está. E para tomarmos um café quando eu chegasse a Portugal. O meu objectivo: perdoá-lo e seguir em frente. Pensei que não ia responder. Surpreendentemente, ele respondeu, e aceitou. E fomos beber o tal café ontem...

 

Falámos durante mais de 6 horas seguidas, sobre os 7 anos que aconteceram entre o nosso fim e o dia de ontem. No final foi como se sempre tivéssemos mantido contacto. Não havia mais mágoa, nem dor, só boas recordações e a certeza de que foi a melhor história da minha vida.

 

Ganhei coragem e disse-lhe. Ele respondeu que também fui a melhor história da vida dele e que nunca mais viveu algo assim. Nem eu... Nem eu... E vocês bem sabem a desgraça que é a minha vida amorosa. Mas ele não sabe...

 

Abraçámo-nos e ficámos assim durante uma hora, nos braços um do outro, um momento que me pareceu apenas um segundo. Um piscar de olhos. Uma festinha no cabelo. Várias. Quase que nos beijámos... Quase... Mas... Ele tem namorada há 4 anos. Não aconteceu.

 

"não posso", disse-me. 

 

Percebi. Eu disse-lhe que, naquele momento, queria-o tanto como há 7 anos atrás. Ele disse-me que sentia o mesmo mas que não a podia trair... 

 

Percebi. Perguntei se era a última vez que nos víamos, se da próxima vez que falássemos ele já ia estar casado com ela e com um filho a caminho...

 

"prometo que não é a última vez que nos vemos", respondeu-me.

 

Eu vim embora. Dormi sobre o assunto. Hoje acordei e estou... Calma. Serena. Como já não estava há muito tempo. 

 

Não vou tentar contactá-lo de novo. Não lhe quero estragar a vida. Mas sei que ele volta. Quando estiver pronto... 1 ano, 5 anos, 10 anos. Seja o que for. Sinto-o com todas as forças do meu ser. Sei que tenho ali o meu abraço-casa... E que ele tem o dele aqui.

 

"não olhes assim para mim, isto não é um adeus."

 

Aos últimos vagões ❤️

 

 

 

Envelhecer contigo. 

Momento eterno 

Eu também sei perdoar...

Perdão. 

Ao segundo dia ressuscitou. 

 

 

... 

5 comentários

Comentar post

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D