Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

12
Jul18

Dificuldade em tomar decisões? Eu perguntei e a Dra Carta respondeu!

Se ainda não viram este post, vejam!

E se tiverem perguntas para fazer à Dra Carta não demorem muito tempo! Ela é muito simpática e consegue ajudar mesmo.

 

Obrigada pela resposta Uma carta fora do baralho

 

Continua o trabalho excelente que tens feito!

 

Beijo 

11
Jul18

Tipos de mamilos no porno.

Passei grande parte da minha vida de adolescente e jovem adulta a achar que tinha mamilos de criança. A rogar pragas por este meu desenvolvimento mamário que mais parecia "inacabado", como se alguém tivesse dito às minhas maminhas "parem de crescer!" quando estas ainda estavam em pleno crescimento.

 

Há cerca de 4 anos descobri que havia uma categoria de porno só para este tipo de mamilos, falei sobre isso com o meu namorado da altura e ele disse que adorava essa categoria e que ficou todo contente por eu ter esse tipo de mamilos.

 

Desde essa altura pouco tenho stressado com as minhas maminhas.

 

Por isso minha gente, se tiverem alguma característica física que considerem ser um defeito, descansem e sigam em frente... parece que há sempre alguém que vai gostar daquilo que nós temos! Temos é que encontrar esse alguém...

09
Jul18

Uma ida a um WC de festival dentro da minha cabeça.

Depois da saga "uma ida às compras dentro da minha cabeça" trago-vos hoje este relato. Preparados?

 

Não?!?!? Num faz mal, vou contar na mesma!

 

Como é óbvio quando falo em WC estou a referir-me a este género de sanitários portáteis de utilização extremamente agradável:

 

sanitário portátil.jpg

 

* oh não! estou com vontade de ir mijar. deixa-me cá percorrer meio quilómetro de areia a ferver para chegar lá bem ao fundo do recinto, onde estão os WC todos *

 

* nem tudo é mau, fazer festivais na praia tem a vantagem de uma pessoa trabalhar as pernas enquanto faz força na areia para avançar *

 

* imagina se estivesse mais bêbada do que isto *

 

[ caminhei ]

 

[ caminhei ]

 

[ caminhei mais um bocadinho ]

 

*acho que vi um camelo *

 

* ah não, é só um gajo vestido com um disfarce de unicórnio. que fofo. *

 

* ele não tem calor? aquela merda parece um pijama! quem é que vem de pijama para a praia??? *

 

[ cheguei à entrada das casas-de-banho, montes de gajos desemparelhados à espera da sua dama]

 

* é curioso como há sempre mais gajos à entrada dos WC das raparigas que no dos rapazes! *

 

* não há fila, yupiiii! deixa-me cá escolher um dos que estão mais no fundo! *

 

* deve haver aqui umas 100 cabines. por isso não há fila. esta malta pensou em tudo! *

 

[ abro a porta ]

 

[ vem de lá um bafo fedorento muito quente. ]

 

* parece que estou a abrir um forno com um rosbife de merda a assar no interior *

 

* respira fundo, vai passar rápido, é só um chichizinho *

 

[ fecho a porta ]

 

* não olhes para o buraco *

* não olhes para o buraco *

* não olhes para o buraco *

 

[ olhei ]

 

* dESarrumada, faz o que quiseres à tua vida, mas NÃO-TOQUES-EM-NADA! *

 

* e deus-te-livre se deixares algo cair lá dentro, nunca mais o vês, porque eu é que não meto as minhas mãos ali dentro! *

 

[ tento pendurar a mala, mas o piçozito destinado ao efeito estava partido ] 

 

[ deixo a mala à volta do pescoço ]

 

* minha porca, não andaste a trabalhar os extensores do pescoço para nada não foi? mostra lá do que és capaz e segura aí uma mala com uma toalha de praia que mais parece uma toalha de pique-nique lá dentro *

 

[ desço os calções e começo a fazer um squat de casa-de-banho pública ]

 

* sobretudo NÃO-TOQUES-EM-NADA! *

 

* ai foda-se, escorreu um bocado de chichi para a coxa, deixa-me tentar limpar com papel antes que o resto siga o rasto e daqui a pouco tenho mijo a chegar ao calcanhar *

 

* e agora como vou fazer para tirar o papel da mala que está pendurada à volta do pescoço, sem tocar na sanita e sem descair o rabo para trás ou mexer muito para não caírem pinguinhas de chichi por todo o lado? *

 

[ consegui, não me perguntem como ]

 

[ enquanto limpo a coxa reparei que as cuecas do bikini estavam a tocar na parte da frente da sanita ]

 

* ai que nojo! porque é que não trouxe outro bikini? *

 

* juro que vou começar a chorar *

 

[ lembram-se de ter dito que estava calor? a esta hora já tinha suor a escorrer pela testa, costas e barriga ]

 

* neste momento toda eu sou humidade, despacha lá isso! *

 

[ limpei-me, deitei o papel no buraco sem olhar para trás e... ]

 

[ ...saí de lá para fora com um orgulho imenso e sensação de dever cumprido ]

 

* parabéns dESarrumada, conseguiste fazer chichi num festival sem que ocorresse uma tragédia! *

 

* agora só falta fazeres o mesmo nas outras 1270 vezes que vieres mijar nos próximos 3 dias *

 

 

 

Beijo na bunda! 

 

 

 

 

 

05
Jul18

A batata quente agora está na minha mão, mas deixa-me cá culpar os outros.

Raramente vejo as notícias daqui e por isso tenho uma questão a colocar aos meus caros leitores... vamos lá!

Não sei se isto se tornou prática corrente cá em Portugal, mas estou a ficar chocadíssima com uma frase que tenho ouvido constantemente no noticiário. Se calhar sou muito sensível, mas admito que me apetece mandar um murro na televisão de cada vez que a ouço.

 

"A culpa disto tudo é do antigo governo."

 

03
Jul18

Isto da saúde mental...

A ansiedade até andava controladinha, mas desde que estou de férias tem sido o descontrolo total relativamente à alimentação e a cabeça já está a dar em doida por ver o corpo a aumentar de tamanho.

 

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

Eu sou muito mais do que o tamanho do meu corpo.

(...)

 

Nota: repetir este mantra até à exaustão. Não posso deixar que estes pensamentos negativos sobre o aumento de peso me afectem. Sou mais do que isto. E a ansiedade que já andava tão controladinha...

... depois isto funciona como uma bola de neve. Há um aspecto que me incomoda, e a minha cabeça vai desgovernada à procura de outras coisas que estejam mal... sim, porque haver só "uma coisita" que não vai bem não pode, ou a vida é uma merda pegada ou então não vale a pena queimar neurónios.

 

Agora voltei a pensar em mudar de trabalho, eu que já tinha decidido deixar correr e ir vendo as ofertas que aparecem até ao início de 2019... penso no exame de francês que tenho que fazer no dia 19 de Julho e sinto que quanto mais olho para a matéria menos sei... penso neste corpo que me está a "falhar", e ao mesmo tempo sinto que estas preocupações corporais demonstram mesmo a situação privilegiada em que me encontro e o quão parva sou em "preocupar-me" com estas coisas (ando a comer chocolates e gelados sem parar, uma ingestão calórica muito maior do que aquela que preciso, e há países onde as pessoas não têm sequer a comida que precisam para sobreviver... sou a única que pensa nisto desta forma? que sente esta culpa por comer de mais?) and so on, and so on...

 

A ver se volto rápido para os meus green juices, corridas de dois em dois dias e a ter um dia ocupado. Parecendo que não, ir trabalhar, por muito que eu não goste daquele trabalho, deixa-me ocupada e permite-me estar "a ser útil" 8h por dia. Estar de férias é quase um atentado à minha saúde mental...  e que pena eu tenho que isto seja assim...

02
Jul18

Esta noite.

Vontade de gritar. 

Puxa-me os cabelos e empurra-me contra o muro.

Agarra-me pelo pescoço e mete a outra mão entre as minhas pernas.

Tenho vontade de ti, mas podia ser de outro qualquer.

Quero ser possuída hoje.

A cara contra o chão molhado.

Corpo comprimido e pulmões quase sem ar.

Isso, faz-me vir. Esta noite.

Sente esta urgência húmida.

Esta pele latejante por ti.

Ansiosa para te sentir dentro de mim.

Penetra-me hoje.

Antes que a alvorada chegue.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D