Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

Diário de uma dESarrumada

A espalhar o #cagandoeandando por essa internet fora desde 2015.

22
Ago16

O que eu pensei hoje sobre dietas.

Cheguei hoje das férias, pesei-me. Estou literalmente com mais 4 quilos do que há duas semanas. Dois deles devem ser retenção de líquidos (espero!) 


Pus-me a pensar sobre dietas durante as férias. O facto de pessoas como eu, a minha mãe e a minha avó (só assim três exemplos que me vieram à cabeça de repente!) conseguirem ter uma alimentação saudável durante todo o ano, mas depois durante as férias (Verão e Natal para mim!) a dieta derrapa e caímos por aí abaixo numa montanha de desculpas... esfarrapadas.


"Ai e tal, nunca bebo Coca-Cola* mas beber quase 2 litros por dia durante as férias parece-me perfeitamente razoável!"


"Ai que aqueles rissóis estão tão bons, normalmente não como fritos, mas estou de férias e se comer 8 seguidos o corpo nem sente!"


"Ah que o Magnum Double Chocolate* até é bem bom, e como está um calor dos diabos, se comer 2 por dia nem tem mal".


Isto todos os dias, durante 14 dias, 2 vezes por ano. Não há controlo, não há bom senso, não há nada. Depois ando pelo menos dois meses a "correr atrás" deste "estrago". Digam-me se acham isto normal? Não acho, mas toda a gente o faz nas férias.


Ah e tal, porque ter uma alimentação saudável durante a época de trabalho até é fácil, estamos equilibrados, temos uma rotina, mas quando saímos da rotina manter a alimentação saudável já é chato, uma maçada. Porque aparecem os "apetece-me tanto", "que s'a lixe é só esta semana", "ah e tal depois faço detox".


Sim, meus caros, durante todo o ano é fácil, mas experimentem fazer dieta durante as férias. Isso sim é lixado. Que atire a primeira pedra quem nunca comeu pizza com restos de presunto ao pequeno-almoço nas férias! Quero ver quem se "astrebe"!

*não são publicidades, são mesmo coisas que gosto muito de comer/beber no verão! Quem me dera ser paga por estas marcas só para falar nelas no blog assim como quem não quer a coisa. Não andava aqui a aturar este chefe de certeza...

22
Ago16

Daqui a 1 ano.

Este post foi escrito em 22 de Agosto de 2015 e é um desafio que fiz a mim própria, de escrever uma carta para o meu eu de daqui a um ano (espero que continues fantástica dESarrumada, com os teus 25 aninhos). Tudo começou quando vi uma daquelas memórias do facebook (sim, o facebook agora tem uma nova aplicação onde te mostra todas as recordações do que postaste nesse dia, nos anos anteriores), e vi um vídeo que um amigo meu postou, e que eu filmei, era ele a fazer aquele desafio de levar com um balde de água (neste caso garrafa), e depois nomeava pessoas para fazerem o mesmo... e o que mais me tocou ao ver esse vídeo, foi lembrar-me de como tinha sido essa noite. 

Tinha saído do meu trabalho anterior, em Portugal, às 22h da noite como sempre, fui ter com ele à cidade (sensivelmente 45 minutos de estrada), jantamos no Mcdonald's (o único sítio aberto de jeito) e depois fomos para ao pé de um café muito conhecido da cidade, mas com uma zona um bocado escondida, e lá filmámos o vídeo. Este vídeo fez-me pensar: há exactamente um ano atrás não sabia que passado um ano ia estar em França, e que estes momentos de desespero por causa de trabalhar 12h por dia, a recibos verdes, iam passar. Mas também acabou, a facilidade com que posso ver este meu amigo e os meus pais. E o sol e bom tempo de Agosto. 

Então, como estarei daqui a um ano? Decidi deixar umas perguntas ao meu futuro EU, sobre as coisas que me preocupam mais agora. E ver se, efectivamente, a vida muda assim tanto no espaço de um ano.

Ainda falas com o menino que está em Portugal? Ainda gostas dele?
Já fizeste as formações que querias? 
Já mudaste de trabalho?
Como está o avô F, e a avó I? O último tratamento do cancro correu bem? A operação aos olhos também?
E a mãe, já encontrou trabalho?
E o mano, como corre essa 2ª oportunidade na universidade? Muito estudo?
Esse cabelo, já voltou à cor natural?
E os 6kg que querias perder?
Já és uma menina grande?


Bem, penso que é tudo dESarrumada com 25 anos... aqui a tua versão um ano mais jovem deseja-te uma boa continuação. E um conselho, agora ter 25 anos não parece muito mal, espero que estejas a aproveitar bem esta fase em que és mais crescida. Responde com carinho.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D