Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma dESarrumada

Diário de uma dESarrumada

03
Dez15

Buço do diabo.

Já vos falei anteriormente em pêlos corporais e de como isso me irrita e me faz trepar paredes. Mas já alguma vez vos falei dos tão queridos pêlos faciais?

Pois. Um assunto que ninguém quer falar porque muitas gajas têm vergonha de admitir que têm buço. Quê? Admitir que tenho pêlos nas pernas é fácil, até existem hashtags dessa merda no Instagram. E pêlos nos sovacos e pentelheira? Super fácil, mandem vir as roçadeiras para cortar tudo antes do sexo. Mas pêlos na cara? Euuuuu???

Pois bem, eu tenho um bigode monumental. Estive quase para aderir ao "no shave november", mas tive medo de envergonhar certos rapazes e fazê-los sentir-se menos machos e inundados de testosterona.
 


Muito mais podia acrescentar a este assunto, mas deixo-vos a imagem mental de uma macaca, se algum dia quiserem tentar imaginar como sou fisicamente. E é isto.

01
Dez15

Enquanto for divertido.

Dei por mim a ter que adoptar um novo lema de vida e aplicá-lo a todos os campos da minha vida. Enquanto for divertido, é o lema.
E em que posso aplicar este lema perguntam vocês? Eu faço a lista exaustiva e aproveito para vos meter a par das minhas andanças:


 


Ponto 1: na minha última viagem a Portugal comecei a namorar (oficialmente) com o Plutónio-man, sim, já tinhamos falado sobre isso numa das nossas chamadas por Skype, mas falar sobre o assunto cara-a-cara teve outro impacto para mim. As coisas têm corrido super bem, no início ainda tínhamos um ou outro desentendimento mas ultimamente temos estado em sintonia a maior parte do tempo. O que é óptimo quando se tem 1800km de distância pelo meio.


Qual será o resultado disto? Não sei. Mas vou continuar... enquanto for divertido. E a verdade é que me divirto mesmo com ele, quer juntos quer à distância (temos trocas de mensagens que não lembram a ninguém!). É verdade que o contacto físico faz muita falta, mas enquanto gostar tanto dele não me consigo livrar da peste.

Ponto 2: a emigração. Quem me segue sabe que estou a trabalhar em França. Decidi sair de Portugal porque não estava contente com as condições de trabalho (recibos verdes, pressão desmesurada para atingir objectivos ridículos, 12h de trabalho por dia e outras coisas do estilo), mas "pelo menos" tinha trabalho a tempo inteiro disseram-me algumas pessoas... estive-me a lixar para isso. Na altura estava na fossa, ou procurava algo melhor ou caía numa depressão grave. A psicóloga que me seguiu na altura foi um amor e se algum dia ler isto: obrigada Sofia.


Eu saí para procurar uma evolução pessoal, profissional e monetária que em Portugal não iria conseguir tão depressa. Se tenho saudades da família? Sim. Se tenho saudades do clima e da boa vida de Portugal? Sim. Se as condições de trabalho e a forma de pensar das pessoas no geral me deixam saudades? Não, nem pensar. Será que vou continuar em França? Sim, enquanto for divertido e desafiante vou. E a verdade é que me tenho superado todos os dias, desenrascar-me sozinha noutro país: check. Aprender uma nova língua praticamente do zero: check. Se o meu colega de trabalho imbecil podia ir pastar cocó? Podia. Mas sem ele isto não tinha sido a mesma coisa. Uma pessoa até se diverte com as figuras dele.

E era isto que queria partilhar com vocês meus caros. De vez em quando lá me sai um post sério para variar.

Beijinhos na bunda!

Pág. 3/3

Bem-vindos ao meu diário, um lugar seguro onde podemos falar sobre tudo. Já comentaram hoje? Bisou, da vossa dESarrumada.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

subscrever feeds

Diário em fotos

Desarrumações antigas

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2016
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2015
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D