Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma desarrumada

Sátiras da vida de emigrante de uma desarrumada.

Diário de uma desarrumada

Sátiras da vida de emigrante de uma desarrumada.

19
Fev19

Peek a boo!

Será que se eu ficar aqui quietinha sem mexer um músculo e com as mãos a tapar a cara... a vida não repara que eu ainda estou cá e se esquece de mim?

Será que ela me deixa fazer uma pausa para decidir o que quero fazer a seguir? Eu disse que 2019 era o ano da mudança! Mas já estamos quase em Março e nada mudou... O tempo está a passar demasiado depressa...

 

peekaboo_desarrumada.jpg

 

18
Fev19

É por isto que vale a pena ter um blog.

Já se passaram 4 anos de blog e não podia deixar esta data passar em branco! Como muitos sabem, actualmente este blog não me traz nenhum benefício financeiro palpável. Só um gozo tremendo. Um prazer imenso em escrever o que me vai na alma.

 

Como disse no final do meu primeiro podcast, frequentemente antes de carregar no botão azul do "publicar", questiono-me "será que isto vai interessar a alguém?" e durante vários anos isso bloqueou a minha escrita. Se queria falar num assunto mais tabu não o fazia com medo de certos comentários, com receio que isso impedisse o crescimento do blog. Andei assim meses e meses, num vai não volta de "agora vou parar com o blog", "agora vou voltar ao blog", "agora vou mudar o URL do blog porque acho que alguém conhecido me descobriu..." etc. À custa desta atitude de indecisão e de não dar valor ao que escrevo "perdi" 2 anos de conteúdo de blog por aqui. Um blog que começou em Junho de 2017 era no início, um blog que começou em Janeiro de 2015. Esse conteúdo está privado... mas ando com vontade de o ir buscar, de revelar ao mundo um conteúdo que escondi por vergonha, de assumir de uma vez por todas a minha "história" e o início do blog. Um blog que começou com o intuito de fazer rir falando de assuntos tabu de uma forma descontraída e um pouco javarda, e que aos poucos se foi tornando também num diário das minhas aventuras internas - isto inclui, claro, o lado interno mais espiritual e o interior da minha vagina.

 

Talvez ninguém queira saber, muita gente pode estar a ler isto e a pensar "who cares?", mas para mim, enquanto blogger e pessoa que mudou bastante desde o mês de Janeiro de 2015, esse conteúdo representa o luto que fiz de Portugal, as saudades imensas que senti da minha vida antiga, a adaptação à emigração, a perda de grandes amigos que passaram a ser caras que vejo de vez em quando nas redes sociais, as aventuras com o Plutónio-Man (uma relação muito parva que tive à distância com um rapaz que estava em Portugal na altura, e que tem um bilau de 25 cm), o início da minha relação com Ele e o início do seu fim, que coincidiu com a altura em que mudei  o URL do blog para não ser "descoberta". Ler tudo isto traz-me umas saudades imensas de quem fui, aquela menina adulta perdida na vida, mas a certeza de que gosto mais de quem sou agora, uma mulher que começa a vislumbrar claramente aquilo que não quer, porém sem certezas absolutas daquilo que quer (e está tudo bem!), com uma vontade de continuar no blog, enquanto isto fizer sentido para mim. 

 

No dia 12 de Fevereiro disse-vos que estava de volta, mas foi falso alarme. Ainda não estou de volta ao blog a 100% como gostaria. 3 semanas a viajar no estrangeiro deixaram-me com a sensação de que preciso de voltar para mim. Preciso de voltar a enraizar-me com quem verdadeiramente sou. Estou à espera que a minha alma volte a entrar no corpo. 

 

E durante este tempo todo recebi comentários amorosos. Várias pessoas a dizer-me que adoram o blog e que vêm cá todos os dias ver se há novidades - desculpem se tenho desiludido por não andar a postar nada por aqui (meter stories no Instagram tem sido o meu escape quando quero escrever algo ou simplesmente fazer uma rant ou mostrar a bagunça em que está a minha casa) - mas o que mais me tocou, foi a quantidade de pessoas que criaram um blog no último ano e que disseram que eu fui uma das suas fontes de inspiração e, talvez, o pontapé no rabo que precisavam para começar o blog deles.

 

A Bla bla bla foi uma dessas pessoas a começar um blog e a fazer uma menção amorosa à dESarrumada! E espero que este post sirva como mais um incentivo para não abandonar o blog! Se estão a ler isto sigam-na. Vamos apoiar quem começa. Outras pessoas deixaram comentários anónimos no blog e alguns enviaram mensagem para o email do blog. Ainda não respondi a todos, porque pronto, aquela história da alma ainda não ter voltado... mas vou tratar disso em breve. Muito obrigada pelo amor que têm deixado por aqui desarrumados da minha vida! E como muitos de vocês apreciam:

 

Beijo na bunda! 

 

 

desarrumada_penis_sextoy_dildo_como_eu_blogo.jpeg

Eu a um sábado de manhã como outro qualquer. O António Vibrações estava a carregar.
Acho que é por estas e por outras que nunca fui convidada para a rubrica Como eu blogo do Sapo, apesar de já andar por aqui há 4 anos e o blog ter mais de 500 subscritores. Mas pronto, apesar dos seus defeitos, o Sapito continua a ser a minha casa preferida.
#Ressabiada #SorryNotSorry #Blessed #AmoTeSapo

 

 

 

Instagram: desarrumada_blog

Bloglovin': Diário de uma desarrumada

Blogs de Portugal: adesarrumada

 

16
Fev19

Ao segundo dia ressuscitou.

Há bastantes anos um rapaz que gostava muito e a quem dei tudo (literalmente porque foi o meu primeiro) acabou comigo dois dias depois do dia dos namorados. Porque eu gostava demasiado dele.

 

Depois disso perseguiu-me e fez-me a vida negra porque queria continuar a ter sexo comigo, mas sem ser meu namorado. Algo que sempre recusei. Ou namoras comigo ou não há cá pão para pançudos. Dizia eu na época. Jovem adulta de 20 anos e muito apaixonada, mas ainda mais magoada.

 

Ele era chamadas anónimas em que desligava logo, ele era chamadas em que quando eu atendia se ouvia do outro lado um filme porno com uma gaja a gemer bastante, com a sms a seguir que dizia "quero fazer-te isto". Eu tive direito a tudo um pouco relacionado com sexo vindo desse rapaz que acabou comigo porque "era melhor assim" e que eu lhe tinha feito coisas que "não se fazem ao pior inimigo".... mas nunca me chegou a dizer que coisas eram. 

 

Resumindo e concluindo, ele deve ter-se apercebido que eu era boa demais para ele e que ter uma relação tão séria logo no início da universidade ia estragar-lhe a experiência académica. Compreendo. Quando ele acabou comigo fiquei um ano a deprimir e isso também influenciou muito a minha vida de estudante. Só acordei para a vida no que diz respeito a gajos no último ano, mas aí já tinha estágios e trabalho final para entregar e não aproveitei tanto como poderia ter aproveitado. Nessa altura era jovem e fresca, gozei muito, mas sei que podia tê-lo feito muito mais se não tivesse sido esta história de coração partido por causa de um parvo. 

 

Talvez ele esteja arrependido de ter acabado comigo. Talvez tenha visto o quão perfeitos podíamos ter sido juntos (eu vi-o, vi este futuro que podia ter sido bom, juro que até cheguei a sonhar com os filhos de olhos verdes como os dele que íamos ter). 

 

Incrível, incrível, é que quando acabámos a universidade ele tentou aproximar-se para voltarmos a "tentar"... Eu disse não. Desculpa, mas com tudo que me disseste sobre sexo e quereres aproveitar a vida e só me quereres ver para foder, nem penses que eu vou acreditar que me queres de volta de uma forma séria... No dia da benção de finalistas, azar dos azares, porque nem éramos do mesmo curso nem departamento, as filas dos nossos cursos ficaram lado a lado. Ou seja, tive que levar com ele sempre a olhar para mim no meu último dia de trajada na universidade... foda-se. No fim do dia recebo uma mensagem : "estavas muito linda".

 

Epah, temos pena. Perdeste a tua oportunidade moço. Isto não acabou ali. Enquanto trabalhei em Portugal tive que levar com mensagens constantes dele. Quando vim para França nos primeiros dois anos foi igual. Só quando o mandei à merda com todas as letras e lhe disse coisas mesmo muito más é que começou a espaçar as mensagens, porém sem nunca desistir... excepto nos últimos quase 2 anos.

 

Ele acabou comigo dois dias depois do dia dos namorados. E hoje à meia noite recebi uma mensagem dele a dizer « 7 anos ». Para mim foram 7 anos em que me descobri como mulher e em que não me arrependi nem um segundo de nunca ter tentado voltar para ele, nem que fosse pelo "caminho do sexo" como muitas mulheres fazem... que dormem com alguém na esperança de que ele as comece a amar um dia... eventualmente.

 

Espero que ele consiga algum dia ultrapassar isto. Eu já ultrapassei. E espero um dia ter filhos com alguém que me ame sem dúvidas ou reticências ou pausas. Filhos esses que nunca terão os olhos dele.

13
Fev19

Todas as profissões são importantes...

... Mas algumas usam do seu poder em contexto hospitalar ou escolar para fazerem greves e mais greves e deixar utentes e alunos à beira do colapso nervoso (sim, porque no meio destes ataques ao governo, há inocentes a levar por tabela!) ... Imaginem isto, as senhoras da limpeza dos ditos hospitais e escolas a não irem trabalhar e a exigirem salários milionários... Isso causava moça e de certeza que acabariam por obter o que querem!

Isto deixa-me a pensar na vida ... É "engraçado" que todos baixamos a bolinha e aceitamos as políticas sem abrir a boca, mas... Se o povo soubesse que tem a faca e o queijo na mão, e que se saíssemos todos à rua ao mesmo tempo, o salário mínimo (e outros) deixariam de ser tão miseráveis. Talvez a malta deixasse de ver o Carro das Berlaitadas e começasse a acordar para a vida e para o que realmente interessa.

Mas isto é só um desabafo de alguém que não percebe nada disto. Nem sequer gosto de política. 

12
Fev19

Cucu! I'm back bitches.

Hey desarrumados! How are youuuu? O regresso das férias tem sido atribulado... Tanto para dizer e tão pouco tempo. Hoje fui à piscina, já tinha saudades de levar com bolhas na paxaxa. E estou toda bronzeada ali a pavonear-me no meio dos branquelas... tomem lá, suckers!!! Os gajos por lá não são nada de especial.... a ver se arranjo outra piscina 

 

Pensei que a minha líbido fosse diminuir depois das férias, mas nahhhh, continua aqui firme e hirta! Já voltei a instalar o Tinder e já ando na "caça" outra vez. Vamos lá ver o que vai sair daqui... Não percam os próximos episódios porque eu também não!  quem será o pila#3????

 

Já agora, o Triptofano armou-se em "fofo" e deixou-me um Roast no blog dele... se podia ficar ofendida? Podia! Mas aquilo está uma categoria e ele acerta na mouche em muitos pontos! Já há muito tempo que não me ria tanto  Ide lá espreitar! E Trip'zinho do meu coração, me aguarda, que o teu ROAST já está no forno!  

 

 

Roast da dESarurmada - Triptofano

 

 

P.S: este post foi claramente para manter a média de visualizações no blog. Tirando a parte em que falei do Roast do Triptofano não se aprendeu nada aqui, como sempre. Já sabem que quando entram neste blog é por vossa conta e risco.

 

P.S.2: O post sobre o pila#2 sai em breve! ai, ai, ai... só vos digo isto: delicioso!

 

. Beijo na bunda! 

09
Fev19

O gajo do aeroporto.

Estou há 9h no aeroporto de Sydney... Ontem cheguei cá e disseram que o vôo onde eu ia viajar tinha sido anulado. Reencaminharam toda a gente para um hotel 4 estrelas. Tive insónias e por acaso não dormi bem, mas podia ter sido uma noite espectacular ... (escusado será dizer que aproveitei para fazer umas brincadeiras sozinha naquela cama enooooorme! E soube-me pela vida! - aiii António Vibrações, que falta que tu me fazes aqui!)

E por falar em brincadeiras... Ontem no restaurante do hotel comi numa mesa ao lado de um gajo mesmo jeitoso que estava sozinho. E trocamos alguns olhares... Mas nada de muito intenso porque o moço não tirava os olhos do telemóvel! (maldita tecnologia, foda-se)

 

Agora estou aqui na porta de embarque para o avião, e enquanto vinha para cá o mesmo moço passa por mim no sentido contrário, em direção à casa de banho!! Sorriu-me e disse-me "Hi" o que quer dizer que se lembra de mim! 

 

Será que estamos no mesmo vôo? 

 

Ontem fiquei mesmo desconsolada por ele não me ter dado bola no restaurante do hotel... Às vezes sonho com uma vida mais parecida com os filmes porno... Imagino que seria tudo muito mais fácil se ele tivesse chegado ao pé de mim, me tivesse dito "vamos?" e começavamos a fazê-lo no elevador enquanto subiamos para o quarto! Seria muito mais divertido se fosse assim tão fácil...

 

Mas a vida real não é assim tão caliente. Vou continuar a sonhar. 

06
Fev19

Amigos e casamentos.

Isto de estar de férias tanto me deixa super motivada como a seguir já estou a matutar em coisas e a desenterrar assuntos que decidem aparecer para "roubar" a minha paz de espírito ...

 

Quando cheguei a França fiz um grupo de amigas fantástico. Gosto muito delas todas e até chegamos a ir a Londres juntas em 2017. Até aí tudo ok. Em Londres comecei a reparar que uma delas me respondia um bocado torto, mas decidi ignorar... Tenho consciência que tenho tendência para achar que ninguém gosta de mim, e resolvi não dar importância dizendo para mim própria "isto são coisas da minha cabeça"... Também tenho consciência que o meu humor não agrada a todos, que falo bastante e que demoro muito a visitar os sítios, o que nem sempre agrada a pessoas mais despachadas do que eu... 

 

Entretanto voltámo-nos a encontrar algumas vezes, todas em grupo, e nada a declarar, tudo ok.

 

Ela cai casar este ano em junho. E já não me lembro bem em que ano foi, mas ela foi pedida em casamento em Itália e nessa viagem enviou postais para algumas amigas do grupo. Para mim não... Como soube? Fui a casa de 3 delas, e em todas elas vi o postal no frigorífico... Resolvi não fazer caso, afinal, pode ter havido algum problema nos correios, não quero fazer nenhum drama por causa de um postal, e se por algum motivo ela não ter querido enviar-me um postal, o mundo não vai acabar, amigos na mesma...

 

A "porca começou a torcer o rabo" quando ela começou a convidar uma das nossas amigas (que mora a 5 minutos de mim) para ir passar fins de semana lá em casa. E nunca me ter convidado a mim... O gesto em si não é danoso, sinceramente, estou habituada a passar os fins de semana sozinha, mas mesmo assim não consegui evitar sentir-me um pouco magoada com a falta de "lembrança" ...

 

Ela convidou-me para o casamento com uma carta que chegou lá a casa em Dezembro se não me engano. Enviei sms a agradecer e a aceitar o convite. Nenhuma resposta. Liguei logo no dia a seguir. Achei que por ventura fosse má educação responder com sms e liguei-lhe umas 5 vezes na mesma semana até ela atender. Nunca ligou de volta em nenhuma das primeiras tentativas. Aliás, numa das vezes até deixei mensagem para ela perceber que queria mesmo falar directamente com ela... Nada. Depois disso lá falei com ela... Um bocado frio, mas ok, aguento... Tenho um patamar para aturar frieza muito alto. 

 

Prontos, a modos que o aniversário dela foi há 2 semanas. Eu e a rapariga com quem estou a viajar na Austrália mandamos cada uma mensagem de parabéns praticamente ao mesmo tempo. Na altura mandei mensagem no messenger e no whatsapp porque não sei qual deles ela usa mais. Abriu uma delas e não respondeu. A mensagem aberta foi no messenger, a não aberta foi a do whatsapp... No entanto, anda a falar com a minha travelmate pelo whatsapp há 2 semanas ... Por isso a desculpa de não ter a app instalada nem sequer serve nesta situação ...

 

Escrevo isto tudo para desabafar. Não procuro propriamente ajuda  porque no fundo estou muito zen e #cagandoeandando. Só não suporto que façam de mim parva, detesto que me convidem para eventos importantes e caros (onde pelos vistos não sou assim tão bem-vinda quanto isso) só porque faço parte do "grupo". De certeza que já tive atitudes incorrectas com esta rapariga, não acredito ser perfeita nem almejo tal patamar, mas porra, já percebi que evita estar comigo, que evita falar comigo... Então porquê convidar - me para o casamento? Se nem sequer temos contacto só as duas e só nos vemos em grupo? .... Por pena? Por receio da reação dos outros?

 

Olhem, bela merda.

 

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

O melhor comentário ganha um biscoito!

subscrever feeds

Desarrumações antigas

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D