Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma desarrumada

Apostadinha em transformar isto num blog sério, mas não prometo nada.

Diário de uma desarrumada

Apostadinha em transformar isto num blog sério, mas não prometo nada.

07
Set17

Epah, obrigada!

De entre todos os momentos eternos que vivi estes últimos dias, tenho a anunciar que já estou por França e pronta para atacar mais uns bons meses de trabalho antes de ter férias outra vez. Vamos lá que a vida não pode ser só boa vida e descanso - apesar de eu, todas as noites, desejar ardentemente acordar numa ilha paradisíaca, com uma conta bancária que mais parece um número de telemóvel e com 10kg a menos - mas isso não interessa nada, pelo menos sabendo que tenho que acordar daqui a 6 horas para "picar-o-boi" - digam-me que isto também se diz na vossa terra, por favor - ok, já volto ao mais importante.

 

O SAPO destacou-me aqui, e não podia ficar mais agradecida, afinal estes posts saem cá do fundo da tripa e uma pessoa fica contente com algum reconhecimento do big boss. Excepto o meu chefe da vida real, esse é um colhão com pernas e sempre há-de ser.

 

Os tomates da minha varanda secaram (quem segue o meu insta stories há pelo menos 3 meses vai saber de que tomates estou a falar) e a salsa e o tomilho também secaram (mais uma vez, se não segues o meu insta stories, seguisses). Não sirvo para cuidar de outros seres vivos, está comprovado. Ou então devia arranjar amigos melhores por aqui, daqueles que não vão 3 semanas de férias ao mesmo tempo que eu, deixando-me sem outra alternativa que deixar ali as plantas na varanda ao abandono. Na próxima Primavera tento de novo, um dia hei-de ter uma horta em casa, ai, hei-de, hei-de! Oubistes??

 

De resto tudo ok, estou a pensar começar uma saga com a minha perda de peso. Operação "em 2018 fico boa", certo? Quem conheceu as operações: "em 2015 fico boa", "em 2016 fico boa" e em "2017 fico boa", já sabe do que estou a falar. 3 operações com um saldo negativo de 10kg. É isso, provavelmente já ninguém me leva a sério.

 

Mas eu nem que escreva p'ó boneco, já não largo isto, que isto é quase melhor que fazer o amor louco e desvairado num Airbnb qualquer no Algarve... quase melhor, atenção. Não disse que era melhor. Boa noite, vou só ali dormir umas horas antes de ir trabalhar. Há coisas que nunca mudam.

8 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Diário em fotos

Leituras

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D