Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Diário de uma desarrumada

Desarrumada na casa e na alma, sou eu, prazer. Um pensamento por dia. Ou quando me apetecer.

Diário de uma desarrumada

Desarrumada na casa e na alma, sou eu, prazer. Um pensamento por dia. Ou quando me apetecer.

19
Set17

A precisar de uma boa dose de calma...

Não é por pura coincidência que me auto-intitulei de "A desarrumada". Eu sou mesmo desarrumada! É a casa, a cabeça e a vida no geral. Mas sobre as arrumações físicas que devo fazer falo mais tarde, hoje venho aqui para deprimir sobre a minha vida desarrumada neste meu cantinho de confidências.

Hoje estou num daqueles dias em que nada vai bem, é o trabalho, é com ele, é com a dieta (dei assim uma facadinha valente hoje depois de duas semanas a portar-me bem)... tenho alguns tags para meter em dia aqui no blog e umas respostas para dar a uns comentários... mas admito que tenho andado sem cabeça para nada. Nadinha.

Parece que nada vai bem, a ansiedade voltou, sinto que faço tudo mal, que só tenho ideias fracas, que não estou a perder o peso que queria, que nunca vou conseguir realizar os meus sonhos, e muito, muito, mais. Bem, uma verdadeira tempestade que aqui vai nesta cabeça.

Sei que já vos falei anteriormente da minha ansiedade, a qual tenho conseguido controlar bastante, mas hoje fraquejei, hoje não consegui controlar os pensamentos negativos, hoje passei o dia no trabalho com vontade de chorar e a dar respostas tortas. Ainda por cima parece que é sempre nestes dias que vêm falar connosco sobre coisas sérias e importantes. Depois chego a casa e rumino em tudo que disse, em tudo que devia ter dito em vez daquilo que disse, e em tudo que ficou por dizer e que tinha sido em "cheio". Ah pois é, tinha sido certeiro, mas não foi porque calei e respondi outra coisa qualquer. Gostava de desligar o botão ON da minha cabeça e entrar em modo OFF, nem que fossem só uns diazinhos...

Estou a desesperar, gostava de deixar de ser assim. Mudar de vez, mudar de aparência, de personalidade, de país, de amigos, de profissão, de vida, largar tudo e começar do zero. Hoje é um daqueles dias em que tudo me cansa. Mas a vida não pára... e tenho que voltar a acordar amanhã e fingir que aguento isto tudo.

 

1 comentário

Comentar:

CorretorEmoji

Notificações de respostas serão enviadas por e-mail.

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estes também desarrumam por aí:

triptofano.blogs.sapo.pt insensato.pt chicana.blogs.sapo.pt avidadagorduchita.blogs.sapo.pt comoquemnaoqueracoisa.blogs.sapo.pt hamaremmim.blogs.sapo.pt www.domingoatarde.com artedasimplicidade.blogs.sapo.pt happynessiseverywhere.blogs.sapo.pt 1simplesdesconhecido.blogs.sapo.pt ahipsterchique.com derepentejanos40.blogs.sapo.pt busca-de-sentido.blogs.sapo.pt ohporfavor.blogs.sapo.pt cantinhodacasa.blogs.sapo.pt belinhalemanha.blogs.sapo.pt contosdameninamulher.blogs.sapo.pt papagaioindiscreto.blogs.sapo.pt vidaasfatias.blogs.sapo.pt justsmile.blogs.sapo.pt mariamocha.blogs.sapo.pt www.desabafosdamula.com porque_eu_posso.blogs.sapo.pt srsolitario.blogs.sapo.pt

Diário em fotos

Leituras

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D