Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Diário de uma desarrumada

Desarrumada na casa e na alma, sou eu, prazer. Um pensamento por dia. Ou quando me apetecer.

Diário de uma desarrumada

Desarrumada na casa e na alma, sou eu, prazer. Um pensamento por dia. Ou quando me apetecer.

30
Ago17

Diário de bordo 30.08.2017

Estou aqui sem sono, por isso nada melhor do que aproveitar para actualizar aqui o pedaço com informação essencial à vossa sobrevivência (not!)

Vou acabar as férias passando uns dias com o menino no sul do país, e começa já amanhã (é com muita tristeza que deixo os meus pais mais uma vez, mas aqui na Serrinha não se faz muito e já estava a começar a ficar cansada de tanto engonhar).

Não posso negar que estou ansiosa para lhe saltar para cima... 

 

28
Ago17

O Inverno [ 16.09.2016 ]

Prometi que neste blog não iria ressuscitar posts antigos... mas vou quebrar a promessa. Já explico porquê.

Hoje foi um daqueles dias de chuva depois de um período de seca alargado... e segundo a minha mãe já não chovia aqui a sério quase desde Abril (vou confiar nela, mas ela exagera sempre um bocadinho, já sabem como são as mães).

O cheiro que se faz sentir na rua fez-me lembrar um dos meus posts preferidos do blog antigo. Este é o post (o único!) em que falei sobre o meu actual namorado como sendo uma boa recordação do passado, sem saber sequer que iríamos estar a namorar quase 3 meses depois.

A vida às vezes traz destas coisas. E aprendi assim que há momentos em que tudo muda e a vida como a conhecíamos antes deixa de existir para entrarmos numa fase com a qual nunca sonhámos. Os blogs estão cá para nos relembrar das imprevisibilidades da vida. E sabe tão bem saber que é assim.


O Inverno
16 de Setembro, 2016

 

Chega o dia em que chove pela primeira vez depois de alguns meses de calor, abres a janela e a casa é invadida por aquele cheiro bom de terra molhada. Recordações de infância pululam na tua mente.

Sabes que sentirás para sempre esta sensação, quer tenhas 30, 40, 50 ou 80 anos. E agradeces teres sentido o cheiro da terra quando eras pequena. Agradeces ter brincado no meio dela, teres feito castelos e bolos de terra. Teres chegado a casa suja vezes e vezes sem conta. Teres brincado com o teu irmão no meio da terra. Teres tido o teu primeiro amor de infância na aldeia dos teus avós, e o teu primeiro beijo ter sido atrás de um arbusto, precisamente num dia de final de verão em que cheirava a terra molhada. Agradeces teres essa recordação. Teres tido a oportunidade de viver nesses tempos em que a vida era vivida um dia de cada vez.

Tens saudades, tu sabes que sim, é inevitável. As tuas amigas dizem que é isso que faz de ti alguém com coração. Tu respondes que sim, concordas, mas no fundo sabes que o teu coração já não está no teu peito, ele ficou lá, naquele tempo em que o cheiro a terra molhada era só o marco do final do verão. 

Como será a vida sem coração? - pensas. Sabes que estás a viver os primeiros anos do resto da tua vida. Sabes que tudo que virá agora vai roubar-te essas recordações. Em breve esquecerás o nome do padeiro, como jogar à cabra cega, o calor da lareira acendida pelo teu avô, o caminho para o jardim secreto da tua infância, como foi aquele primeiro beijo e a cor dos olhos da tua avó.

Se antes o cheiro de terra molhada significava o final do verão, agora significa o início do inverno. Já não sabes o que é o outono e a primavera, porque só o verão faz sentido para ti. O resto é frio, distância, saudade. É o inverno no teu coração.

 

 

27
Ago17

Visto que 2017 é um caso perdido, dedico esta oração a quem vai fazer a sua despedida de solteira em 2018.

 

Mãe de todas as despedidas de solteira que estais no céu,

Venham a nós as pirocas de plástico na cabeça e os stripers musculados, bronzeados e oleados,

Seja feita a nossa vontade de álcool e deboche em varões de strip,

O juízo para discernir o que é festa a sério do que é uma mariquice só para as redes sociais nos dai hoje,


Perdoai as tiaras de flores, os cupcakes enfeitados com corações e os balões dourados,

Assim como nós perdoamos as vestimentas brancas dos pés à cabeça e a hashtag #brideteam,

Não nos deixeis cair na tentação de convidar a mãe ou a sogra (pior, o futuro marido e amigos gajos!),

Mas livrai-nos de meter os cornos ao nosso amado futuro esposo com um bronco qualquer atrás da discoteca.

 

Amén.

 

 

Hoje e sempre,

a tua querida dESarrumada

Beijo na bunda! 


 

26
Ago17

A gordura é charme acumulado?

Sabes que o teu caso está a ganhar proporções fora do teu controlo quando a tua mãe, que é uma defensora acérrima do lema "gordura é formosura", olha para ti de cima a baixo e diz:

 

Oh filha, tu vê lá, estás a ficar com uma barriguinha, até parece que estás grávida.

 

A verdade é que já engordei uns 5kg desde que aqui estou. O meu peso está, pela primeira vez na minha vida, com um 7 no primeiro dígito da balança. Admito que não estou contente com esta situação. Mas estou a tentar manter os meus níveis de ZEN elevados para não deprimir de vez. Enquanto estiver com esta comidinha toda boa à frente, é suposto que eu faça o quê, tenha força de vontade e seja uma adulta crescida que sabe dizer não??? Era o que faltava...!

 

24
Ago17

Aos sons que me arrepiam...

Estas férias em Portugal tornaram-se num voltar às origens, uma onda de recordações e saudade. Saudades, essa palavra maldita que só a língua portuguesa tem. Confesso que sou muito saudosista e que gosto de manter certos aspectos presentes na minha vida. A música portuguesa é um deles. E a guitarra portuguesa, que som vindo do céu, que arrepios que isto me provoca... afinal, sempre gostei deste som, e o engraçado é que nem sabia que gostava tanto.

 

Ouçam e digam de vossa justiça:

 

Emigrei, sim, mas não por ódio a Portugal ou vontade de "nunca mais lá voltar" como ouço muitos emigrantes a dizer ao desbarato (mas depois vêm para cá de férias emborcar cervejas nas praias do Algarve e jurar a pés juntos que Portugal é o melhor país do mundo).

 

Emigrei para ter uma progressão profissional que em Portugal seria difícil obter como recém-licenciada. E como ambiciosa que sou, nunca o escondi, na altura preferi sair. E cresci muito, hoje sei que teria feito tudo diferente enquanto cá estava, mas também sei que sem o que sei agora nunca saberia que havia outro caminho disponível. É um dos problemas que tenho encontrado na vida: às vezes as oportunidades chegam quando ainda não estamos prontos para elas e por isso deitamos tudo a perder, por falta de experiência.

 

Apesar de gostar do que faço e do que tenho em França, não me sinto feliz, não me sinto em paz. Parece que me falta sempre algo, há um vazio que permanece apesar de tudo. Tenho reparado que esse vazio parece um pouco mais preenchido quando estou em Portugal. E não sei explicar porquê, nunca pensei que fosse ser desses emigrantes que só falam em voltar, mas aqui estou eu, a admitir que o quero fazer e a dizer que não me imagino a ter uma vida 100% feliz fora deste país. Não sei quando nem em que circunstâncias o poderei fazer (voltar após alguns anos fora e começar tudo do zero sem ter uma rede de network criada assusta-me um pouco), mas quero e isso já vale alguma coisa, já me deixa um pouquinho mais em paz. Ao menos isso.

 

23
Ago17

Nadadora de Verão.

Os meus dias têm sido muito produtivos, mesmo. É acordar tarde, comer, apanhar sol na piscina e nadar. Descobri que sou uma nadadora nata, daquelas que só nadam no Verão, estão a ver? Com isto decidi que talvez me inscreva na piscina coberta da zona onde moro lá em França. E no ginásio. E já vi montes de formações que quero fazer, algumas relacionadas com a minha profissão, outras não. Entre outras, quero mesmo tirar um curso de cozinha indiana. Que adoro!

 

A minha cabeça anda sempre a mil, a diferença é que quando ando de férias isso traduz-se num andar a mil bom, uma ansiedade boa, se isso for possível nesta minha cabecinha. Quase que tenho vontade que Setembro chegue e que o Outono venha com ele, com novos projectos e aventuras. Afastar-me do trabalho e dos constantes "apagar de fogos" quotidianos ajuda-me a ver o "big picture", o motivo pelo qual quero andar cá, a minha força motriz, a minha motivação e o que me dá alegria. Note to self: não voltar a ficar mais de 6 meses sem tirar férias, nunca mais. Ouviste? Fixa isto, e não voltes a cair na mesma asneira.

 

De muitas ideias que andam por aqui a fervilhar, a ideia de criar um blog sobre vida saudável não me sai da cabeça, mas não sei se teria jeito para esse tipo de escrita ou se seria suficientemente consistente. Tenho também a sensação de que muitos dos que já existem trabalham com marcas e parcerias. Isso não é bem a minha onda, acho. Gosto de escrever para partilhar, para fazer rir, no caso deste blog, para inspirar, no caso de outro blog qualquer que possa vir a criar. Deixar de escrever é que ficou fora de questão, preciso disto. Isto é o meu oxigénio, o que me mantém à tona de água. Escrevo para mim e para o próximo, e não com o objectivo de vender algo com 10% de desconto, usando o código X... lá está, talvez não seja talhada para esse mundo da vida saudável...

 

Digam-me um blog, só um, que fale sobre alimentação saudável e exercício, que tenha um bom pedaço de "fama" na área e que não esteja a vender nada. Aguardo sugestões, e assim conheço novos cantinhos. Entretanto vou continuar a ler, a pesquisar, a evoluir como ser humano e ser espiritual. Gosto de acreditar que é para isso que cá andamos, afinal.

 

20
Ago17

Agosto: o deserto "blogosférico"?

Eu sei que o mês de Agosto é um mês geralmente complicado relativamente à afluência aqui na blogosfera - afinal, já levo quase 3 anos disto e já presenciei "o vazio" de outros Verões.

 

Mas a vida é assim e uma pessoa adapta-se às mudanças... afinal, neste mundo não é o mais forte que sobrevive, mas sim o mais consistente.

 

Quero só deixar aqui um minuto de silêncio em nome de todos os blogs que vão deixar de ser alimentados em Setembro. O lado bom é que, nesse mesmo mês, surgem também uns quantos novos, prontinhos a desbravar essa flora! Nem tudo está perdido, o equilibro da espécie fica sempre assegurado.

15
Ago17

À espera.

Tenho quatro horas de espera no aeroporto antes do meu voo para o Porto. Estou aqui há 10 minutos e já vi todos os stories do Instagram, todas as actualizações do Linkedin e tudo que anda a rolar no Twitter... A minha "salvação" para esta seca seria o Facebook, mas ainda não vi o novo episódio de GOT e como é ÓBVIO não quero abrir a aplicação e ver logo 200 mil spoilers dos meus "amigos".

 

No meio disto tudo sinto que esgotei todas as opções que tenho habitualmente para matar tempo ficando-me a sobrar unicamente... ler um livro. Vamos lá ver se ainda sei como se faz isto.

13
Ago17

Mudanças capilares me aguardam.

Como sabem na próxima terça-feira vou de férias para Portugal pelo período de três semanas. E qual a melhor coisa que posso fazer numa segunda-feira à noite antes de viajar??? 

 

Pintar o cabelo, claro!!! Yeay!

 

E esta cor da gama Colorista washout da L'oréal foi a escolhida!


(na caixa diz que só dura 2 semanas, e ainda bem, que eu sou corajosa mas não exageremos)

 

 

O meu cabelo é castanho muito escuro por isso admito que estou borradinha de medo... nunca experimentei uma cor que não fossem madeixas louras... mas eles dizem que isto acaba por sair tudo, por isso chill.

Quem quiser acompanhar a minha aventura com a coloração (em directo ou no stories ainda não decidi) pode espreitar no Instagram aqui do blog:

 

desarrumada_blog

 

 

[ Só para que não hajam dúvidas isto não foi um post pago, não sou uma digital influencer... por enquanto! ]

Pág. 1/2

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Estes também desarrumam por aí:

triptofano.blogs.sapo.pt insensato.pt chicana.blogs.sapo.pt avidadagorduchita.blogs.sapo.pt comoquemnaoqueracoisa.blogs.sapo.pt hamaremmim.blogs.sapo.pt www.domingoatarde.com artedasimplicidade.blogs.sapo.pt happynessiseverywhere.blogs.sapo.pt 1simplesdesconhecido.blogs.sapo.pt ahipsterchique.com derepentejanos40.blogs.sapo.pt busca-de-sentido.blogs.sapo.pt ohporfavor.blogs.sapo.pt cantinhodacasa.blogs.sapo.pt belinhalemanha.blogs.sapo.pt contosdameninamulher.blogs.sapo.pt papagaioindiscreto.blogs.sapo.pt vidaasfatias.blogs.sapo.pt justsmile.blogs.sapo.pt mariamocha.blogs.sapo.pt www.desabafosdamula.com porque_eu_posso.blogs.sapo.pt srsolitario.blogs.sapo.pt

Diário em fotos

Leituras

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D